A publicação nesta sexta-feira da lei de doação de imóveis pelo governo do Estado à prefeitura de Joinville vai permitir, enfim, a abertura do Eixo K no Distrito Industrial. A obra de um quilômetro entre a Dona Francisca (perto do parque Perini) e a estrada Hans Dieter Schmidt será contratada pelo município e será bancada por meio de convênio com o Estado. Não há definição de quando será lançado o edital para as obras.

Continua depois da publicidade

> Conselho de Saúde de Joinville quer “urgência” em concurso público

​​​​​​​​​​​​> ​​​​​Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

As sete áreas doadas à prefeitura de Joinville no Distrito Industrial somam 50 mil metros quadrados e só poderão ser usadas para a abertura do Eixo K. Os imóveis pertenciam à antiga Codisc, companhia estadual criada para a implantação de distritos industriais. Sem a doação, a obra não poderia ser executada pelo município.

A abertura do Eixo K será repasse de R$ 11,4 milhões pelo Estado – uma parcela já foi liberada. Os eixos do Distrito Industrial de Joinville foram definidos em lei municipal de 1981, inclusive com hierarquia viária (principal e secundários). As vias projetadas foram denominadas inicialmente com letras, ganhando outras denominações nos anos seguintes. No caso do Eixo K, permaneceu o nome original.

Continua depois da publicidade

> Previsão de telemedicina na rede municipal em Joinville tem polêmica

> O que será tema no Conselho da Cidade de Joinville; advogado é o novo presidente

> Pesquisa aponta quanto custa comer fora em Joinville

> Proposta em Joinville quer mudar lei sobre oferta de molhos em lanchonetes e restaurantes

> Sem uso, lei de Joinville de 1957 sobre imposto para peixe e camarão será revogada

> Reforma em Joinville transforma subs em gerências sem detalhar mudanças

Destaques do NSC Total