nsc
nsc

JUDICIÁRIO

Em análise de ação sobre “tratamento precoce” em Joinville, Justiça solicita informações à prefeitura

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
12/04/2021 - 19h34
Cloroquina foi um dos medicamentos citados na ação popular sobre tratamento precoce
Cloroquina foi um dos medicamentos citados na ação popular sobre tratamento precoce (Foto: Divulgação)

A Justiça deu prazo para a prefeitura de Joinville se manifestar sobre o tratamento precoce antes de se decidir sobre pedido de liminar feito em ação popular apresentada na semana passada. O grupo autor do processo judicial é contra tratamento precoce para Covid. Após a resposta do município, o Judiciário deve se manifestar. 

> Moção na Câmara de Joinville sugere contratação de organização social para “tratamento precoce”

> Reparos nas ruas da área central de Joinville começam nesta semana​​​​

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

A solicitação feita na ação popular é de que seja determinada à prefeitura de Joinville a suspensão da distribuição de medicamentos “sem eficácia comprovada” contra o coronavírus, “especialmente a ivermectina e a hidroxicloroquina”, conforme as alegações dos autores. Nas informações a serem prestadas pela prefeitura à 2ª Vara da Fazenda Pública, os dois medicamentos são citados.

São quatro questionamentos feitos pela Justiça ao município de Joinville. O primeiro deles é sobre o funcionamento do centro de tratamento precoce. Há perguntas sobre a padronização de ivermectina e hidroxicloroquina pelo Ministério da Saúde e para quais patologias são indicadas. 

O questionário judicial quer saber ainda se os pacientes com indicação de tratamento precoce com ivermectina e hidroxicloroquina são previamente avaliados pelos médicos da rede pública de saúde e se há necessidade de apresentação de receita para a retirada dos dois medicamentos. O prazo para a resposta é de três dias a partir da notificação.

> Justiça tem decisão em Joinville sobre recuperação de ruas atingidas pelas obras do Mathias

> Sem prazo para volta das obras, novo traçado do trem em Joinville tem série de pendências

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas