A gratificação criada pela Secretaria de Educação de Joinville está motivando a maior procura de professores pela ampliação da carga horária. Em estimativas preliminares (os dados ainda estão sendo consolidados), 20% dos profissionais aptos já solicitaram a ampliação da jornada de 20h para 40h. A lei sobre a gratificação e, também, referente ao pagamento do bônus por desempenho (medido pela aplicação de exames de aprendizagem nos alunos) e frequência, foi assinada na manhã desta sexta-feira. O futuro bônus também pode estar colaborando para a maior demanda de carga horária, afinal o pagamento é maior para quem tiver jornada de trabalho maior.

Continua depois da publicidade

> Por que próximo concurso da prefeitura de Joinville será para a educação

​​> ​Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

A gratificação mensal de R$ 400 para quem tem jornada de 40h começa a ser paga na folha de julho, com desembolso no início de agosto. O valor pode chegar a R$ 800 mensais em escolas de maior vulnerabilidade ou de difícil acesso. O pagamento será feito a professores, auxiliares de educador e auxiliares escolares. O objetivo é ampliar a capacidade de atendimento da rede municipal, com a jornada ampliada. A gratificação em dobro é para atrair mais profissionais para as escolas mais distantes.

O bônus de desempenho, que poderá chegar a R$ 8 mil anuais para os professores e R$ 4 mil para os demais profissionais, começa a ser pago a partir do ano que vem. O cálculo será feito conforme o desempenho dos alunos no Índice de Desenvolvimento da Educação Municipal. A assiduidade também será levada em conta. O custo anual do programa de valorização poderá chegar a R$ 99 milhões.

Continua depois da publicidade

> Adriano Silva aponta três demandas de Joinville aos pré-candidatos a governador

> Futura ponte na zona Sul de Joinville tem custo estimado em R$ 250 milhões

> Sai decisão em Joinville sobre uso dos ônibus amarelos no fretamento em 2020 e 2021

> Por que passeios de trem em Joinville continuam nos planos da prefeitura

> Câmara de Joinville quer criar dia municipal em memória das vítimas da Covid

Destaques do NSC Total