nsc
    nsc

    Reposição

    Com estoques em baixa, Secretaria de Saúde de Joinville compra 60 mil testes para coronavírus

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    04/08/2020 - 16h52
    Primeiros lotes de testes comprados por meio de pregão eletrônico chegam nos próximos dias
    Primeiros lotes de testes comprados por meio de pregão eletrônico chegam nos próximos dias (Foto: Divulgação)

    A Secretaria de Saúde de Joinville homologou nesta terça-feira a compra, por meio de pregão eletrônico, de 60 mil testes rápidos para a detecção do coronavírus. Os primeiros lotes devem chegar no final de semana ou na próxima semana. Com a redução dos estoques, a rede pública de saúde reduziu a testagem nos últimos dez dias. O diagnóstico foi limitado a pessoas com sintomas e para quem mora com pessoas com coronavírus já confirmado.

    > Norte de SC tem 13,6 mil casos confirmados e mais de 200 mortes por coronavírus

    > Joinville prepara reforço na fiscalização das pessoas que precisam cumprir isolamento domiciliar

    Até agora, a prefeitura havia comprado 18 mil testes. Também foram recebidos lotes dos governos estadual e federal. Os 46 mil testes realizados em Joinville desde o início da pandemia incluem a testagem feita pela iniciativa privada. A procura aumentou a partir de julho, com o agravamento da pandemia.

    Com a chegada dos primeiros lotes da nova aquisição de testes, a Secretaria de Saúde de Joinville pretende retomar a testagem de todos os públicos das estratégias já andamento. Também será dado o início da realização dos exames em toda a população idosa, estimada em mais de 50 mil pessoas. Até agora, passaram pelo diagnóstico 5,1 mil indivíduos com 60 ou mais anos de idade – essa testagem não se trata da estratégia específica da faixa etária, ainda não iniciada.

    > Estimada em R$ 284 milhões, futura drenagem de rios no Sul de Joinville prevê muros de contenção

    ​​> Receba notícias de Joinville e da região Norte de SC por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do AN​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas