nsc
nsc

Pandemia

Joinville e região continuam em risco “gravíssimo” em nova matriz

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
02/08/2021 - 07h01
Ocupação proporcional de leitos continua elevada em Joinville e região
Ocupação proporcional de leitos continua elevada em Joinville e região (Foto: Divulgação)

A região de Joinville ficou com a pontuação mais alta entre as 16 regionais de saúde na “nova” matriz de risco para coronavírus, atualizada neste sábado pelo governo do Estado com nova metodologia. A regional Nordeste ficou com 3,62 pontos, em escala até 4. Assim, permaneceu em risco “gravíssimo”, mesmo patamar de outras três regiões. Outras onze regionais estão em risco “grave” e uma (Meio-oeste) em risco “alto”.

> Para cumprir calendário, Joinville ainda precisa vacinar 141 mil contra Covid

​> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

As mudanças na matriz incluíram, entre outras alterações, a cobertura da vacinação com segunda dose ou dose única. Joinville atingiu 23% da população adulta nesse critério. Para reduzir a pontuação no indicador de forma mais consistente, terá de alcançar 50%, pelo menos.

A regional Nordeste mantém a pontuação de maior gravidade no indicador “capacidade de atenção”, baseado na ocupação de leitos de UTI pelo SUS por pacientes com coronavírus. Nas últimas semanas, Joinville converteu para atendimento geral de parte dos leitos antes exclusivos para coronavírus.

A Secretaria de Saúde de Joinville alega que os leitos ociosos para coronavírus, em parte, são convertidos para atendimento geral por causa da demanda reprimida, principalmente em cirurgias eletivas. A Secretaria de Estado de Saúde chegou a discutir a possibilidade de mudar o indicador, de comparar a oferta de leitos por 100 mil moradores, proporcionalmente, mas a decisão foi manter a variável anterior. A região de Joinville também tem pontuação mais elevada na transmissibilidade.

> Novo lote de vacinas em SC: veja quantas doses cada município vai receber

> Joinville tem distribuição desigual de áreas de lazer entre as regiões

> Com mais um projeto, duplicações pretendidas por Joinville têm custo de R$ 211,5 milhões

> Prefeitura de Joinville quer cronograma para horários de passagem do trem

> Sai liminar em ação da prefeitura de Joinville sobre obras do rio Mathias

> A inspiração de Joinville para a retomada do transporte de passageiros pelo trem

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas