nsc
nsc

Pandemia

Joinville quer comprar mais 100 aparelhos de ventilação para pacientes com Covid

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
31/03/2021 - 09h28
Aparelhos bipaps já estão sendo utilizados em Joinville
Aparelhos bipaps já estão sendo utilizados em Joinville (Foto: Prefeitura de Joinville, divulgação)

A prefeitura de Joinville quer comprar até 100 aparelhos bipaps, a serem utilizados no atendimento de pacientes com Covid-19. O equipamento é usado em ventilação não invasiva no tratamento dos pacientes. Como se trata de registro de preços, é feita a cotação, mas nem toda quantidade prevista no edital necessariamente será comprada. A aquisição é feita conforme a demanda.

> Maternidade suspende entrada de acompanhantes durante pós-parto em Joinville

> Asfaltar “todas” ruas de Joinville custa R$ 1,7 bilhão

> uer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

A ventilação com bipaps no tratamento dos pacientes com coronavírus é uma técnica usada em larga escala em Manaus em momento de pico da pandemia. Em Joinville, uma equipe trazida da capital do Amazonas está auxiliando profissionais locais no uso dos equipamentos. Pelo menos 20 pacientes já usam os aparelhos.

Há outras técnicas de ventilação não invasiva utilizadas em Joinville no tratamento da Covid-19. No caso dos bipaps, é criada uma etapa intermediária na ventilação, reduzindo os casos de intubação – em situações de maior gravidade, o paciente é intubado, o bipap não substitui o procedimento.

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas