nsc
    nsc

    Diagnóstico

    Joinville reserva testes para compra em caso de segunda onda do coronavírus

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    14/10/2020 - 09h01 - Atualizada em: 14/10/2020 - 09h11
    Desde o início da pandemia, Joinville realizou mais de 90 mil testes para coronavírus
    Desde o início da pandemia, Joinville realizou mais de 90 mil testes para coronavírus (Foto: AFP)

    Em concorrência lançada nesta quarta-feira, a prefeitura de Joinville quer reservar a compra de 38 mil testes para coronavírus, a serem efetivamente comprados em caso de segunda onda da pandemia na cidade, isto é, se houver agravamento da doença. A modalidade da licitação é o pregão eletrônico para registro de preços, no qual são previstos valores em ata, com aquisição somente em caso de necessidade. 

    > Decreto prorroga limitações em Joinville por mais sete dias

    > Com mudança na matriz improvável nesta semana, Joinville toma decisão sobre volta às aulas nesta quarta

    Para a Secretaria de Saúde de Joinville, a testagem na eventualidade de aumento da demanda não será um “desafio” como foi a compra dos exames no começo da pandemia. “Não podemos passar pelos mesmos desafios que passamos no início da pandemia”, diz o secretário de Saúde de Joinville, Jean Rodrigues da Silva.

    O pregão será para o registro de preços dos exames PCR, utilizados em pessoas com sintomas da doença. São 36 mil testes para uso pela secretaria e 2 mil pelo hospital São José. O valor máximo da licitação é de R$ 7,6 milhões. Para quem não tem sintomas, são utilizados os testes rápidos, neste momento oferecidos para todos os interessados por meio de agendamento pela internet, no site da prefeitura de Joinville.

    Nas duas modalidades (PCR e rápidos), entre redes pública e privada, Joinville já fez 91,7 mil testes para coronavírus, com 22 mil casos confirmados (20,6 mil são considerados recuperados). Um dos indicadores do recuo da pandemia em Joinville é a ocupação hospitalar. O boletim divulgado na terça-feira citou 58 pessoas internadas, sendo 42 em UTI. É o menor contingente desde o início de julho.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas