nsc
nsc

REPAROS EMERGENCIAIS

Justiça mantém "liberação" para recuperação de ruas das obras do Mathias, em Joinville

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
10/06/2021 - 07h22
Recapeada, a rua Jerônimo Coelho foi a via afetada por mais tempo pelas obras do rio Mathias
Recapeada, a rua Jerônimo Coelho foi a via afetada por mais tempo pelas obras do rio Mathias (Foto: Divulgação)

A Justiça Federal negou pedido do Ministério Público Federal e as obras de recuperação das ruas atingidas pelas obras de drenagem do rio Mathias continuam permitidas. Os trabalhos foram concluídos na Visconde de Taunay e estão na fase final na Jerônimo Coelho e na Jacob Eisenhut – nas duas situações, trata-se da recomposição do meio-fio e melhorias nas calçadas. Em relação à macrodrenagem, as obras pararam no ano passado e só devem voltar em 2022.

> Um ano após paralisação das obras do Mathias, em Joinville, retomada não tem previsão

> Aplicação do Código Florestal em Joinville motiva reunião do MP com prefeitura

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O MPF queria que as obras emergenciais tivessem aval da empresa responsável pelo projeto de macrodrenagem para que fossem evitadas desconformidades. Também houve solicitação de suspensão de repasses de recursos federais por meio do convênio da macrodrenagem, assinado em 2011. O Tribunal Regional Eleitoral da 4ª Região, a segunda instância da Justiça Federal, negou a liminar alegando que não foi apontado que a continuidade das obras não vai afetar a instrução da ação judicial em andamento, na qual foi realizada perícia nas obras.

A própria prefeitura, antes de iniciar as intervenções de recuperação das ruas, apresentou petição perguntando se havia permissão. A Justiça Federal respondeu que não havia nenhum entrave: nem mesmo quando a perícia foi determinada, em momento no qual as obras da macrodrenagem ainda estavam em andamento, houve decisão de suspensão dos trabalhos.

Os reparos estão sendo feitos com recursos próprios da prefeitura. O sistema de acompanhamento de convênios, mantido pela Caixa, não aponta liberações de recursos em 2021 para a macrodrenagem do rio Mathias – os últimos repasses foram no ano passado.

> STF nega pedido da prefeitura de Joinville de participação em ação sobre reajuste

> “Poderá ser mais rápido”, estima secretário de Saúde de Joinville sobre calendário de vacinação

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas