Motivo de controvérsia no passado, uma das principais vias da zona Sul de Joinville entrou edital lançado nesta segunda-feira pela prefeitura para pavimentação. A rua Copacabana, hoje revestida de paralelepípedos, vai receber uma camada de asfalto e rede de drenagem. As ruas Antônio Bernardo Tromm, Francisco Alves e Sorocaba também estão previstas na licitação de R$ 15 milhões (valor máximo). As obras serão bancadas com recursos de empréstimo da prefeitura junto ao Banco do Brasil. Joinville tem hoje 62 km de vias pavimentadas com paralelepípedos.

Continua depois da publicidade

> “Estamos quase jogando a toalha”, diz prefeito de Joinville sobre volta às aulas em 2020

> Águas de Joinville tenta empréstimo internacional para trocar tubulação e reduzir perdas

A obra na Copacabana será em toda a extensão da rua, entre a Anita Garibaldi e o acesso à BR-101, com 2 km de extensão. Em 2015, o governo estadual manifestou interesse na obra, mas somente em 2017 saiu a lei de autorização do convênio entre Estado e prefeitura. Naquele momento, no entanto, não haveria mais recursos disponíveis para o asfaltamento. O episódio rendeu polêmica, com críticas ao atraso da prefeitura em enviar o projeto do convênio à Câmara, com o município alegando que não havia disponibilidade de recursos pelo Estado.

O asfaltamento da Copacabana foi anunciado no ano passado, quando foi assinado o segundo empréstimo com o Banco do Brasil. A rua Santa Catarina, também na zona Sul, também teve revitalização divulgada naquele momento, mas a obra, em andamento, saiu pelo PAC da Mobilidade.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total