nsc
    nsc

    RETOMADA DO ENSINO PRESENCIAL

    Pesquisa em Joinville e região: nas escolas municipais, maioria dos pais não mandaria filhos de volta às aulas

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    10/09/2020 - 15h18 - Atualizada em: 10/09/2020 - 17h50
    Suspensas desde março, aulas presenciais têm retomada prevista para 13 de outubro em Santa Catarina
    Suspensas desde março, aulas presenciais têm retomada prevista para 13 de outubro em Santa Catarina (Foto: Leo Munhoz, NSC Total)

    Pesquisa apresentada nesta quinta-feira em reunião da Associação de Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc) apontou que, caso tenham a opção, 75% dos pais consultados em Joinville e região não pretendem mandar os filhos para a escola na retomada das aulas presenciais em escolas municipais. Se o sistema for híbrido, com ensino à distância e presencial, 52,6% dos pais não permitiria a volta à sala de aula. Os dados foram coletados entre 10 e 29 de julho e são referentes a Joinville, Araquari, Balneário Barra do Sul, Campo Alegre, Garuva, Itapoá, Rio Negrinho, São Bento do Sul e São Francisco do Sul. Foram 46 mil respostas – os pais tinham direito a um formulário digital por aluno.

    > Como será o cronograma de volta às aulas em Joinville

    > Volta às aulas em SC começará com atividades de reforço, diz secretário de Educação

    Suspensas desde março, as aulas presenciais têm previsão de retomada em Santa Catarina a partir de 13 de outubro, se não houver nova prorrogação. Em Joinville, o protocolo da Secretaria de Educação permite aos alunos continuarem recebendo conteúdo somente por meio do ensino não-presencial, sem retomada para a sala de aula.

    As modalidades de ensino à distância desenvolvidos pelas escolas municipais na região da Amunesc foram aprovadas pela maioria dos pais participantes da pesquisa, com maior parte das notas de avaliação entre 8 e 10 em escala de zero a 10. Outros temas também foram pesquisados, como alunos ou familiares em grupo de risco para coronavírus, eventuais dificuldades no ensino não-presencial, entre outros.

    Os resultados das pesquisas – também foi realizado um levantamento com profissionais da educação – serão usados pelas secretarias municipais na definição de estratégias da retomada. “Cada município recebeu seu diagnóstico e está trabalhando nos dados, que serão fundamentais para compreender o cenário e traçar os próximos passos”, afirmou Simone Schramm, secretária-executiva da Amunesc, por meio da assessoria.

    > ​Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas