publicidade

Navegue por
Saavedra

SERVIÇO PÚBLICO

Prefeitura de Joinville deve fazer concurso público em 2019

Compartilhe

Por Saavedra
17/07/2018 - 02h00 - Atualizada em: 17/07/2018 - 20h39
Eberson Theodoro, Divulgação)

O primeiro trimestre de 2019 é a nova estimativa da Prefeitura de Joinville para o lançamento do concurso público. Neste momento, está sendo preparado o edital para a contratação de empresa responsável pelo certame. O último concurso realizado pelo município, ainda com parte dos aprovados a ser chamada, foi em 2014. 

 

Veja também: PIS/Pasep: veja como consultar se você tem direito ao abono salarial

 

Conversão

Cidadão teme que a mudança na Ottokar Doerffel com a “continuação” da Marquês de Olinda crie o mesmo problema já verificado em outros pontos de Joinville: a dificuldade de trocar de pista. Em um exemplo, depois que a mudança for adotada, quem cruzar a Marajó e quiser ir para a Ottokar e dali para a BR-101, terá que esperar a vez para pegar a pista à direita. Hoje já é assim, tem de esperar, mas com a alteração a partir do próximo sábado, há chance de demorar muito mais.

 

Exemplos

O leitor cita os exemplos da dificuldade de quem usa a Jaraguá e entra na Quinze para seguir pela Expedicionário Holz; ou quem usa a Felipe Schmidt, principalmente em horário de pico, entra na Duque de Caxias e dali quer fazer a conversão para a Visconde de Taunay no sentido da BR-101: no dois casos, é difícil trocar de pista.

 

Veja também as publicações de Moacir Pereira e Upiara Boschi

 

Deserta

Não apareceu nenhuma empresa interessada na licitação para recape de um lote de ruas em Joinville, como Araranguá, Benjamin Constant, Itaiópolis, Jaraguá, Otto Boehm e Quintino Bocaiuva, entre outras. O custo estimado era de R$ 3,9 milhões. A concorrência deve ser reaberta novamente.

 

Um recuo

Depois de um salto de quase 10% no mês passado, em evidente impacto da greve dos caminhoneiros, a cesta básica recuou em Joinville na última pesquisa do Procon, com preços 2,95% mais baixos na comparação com o levantamento anterior. Como ficou óbvio, ainda tem mais o que recuar. O sabão em pó foi o produto de maior alta na pesquisa divulgada ontem. No caso do churrasco, a redução média no conjunto de produtos foi de 5,63%.

 

Na área rural

A lei municipal com novas regras para os desmembramentos (inclusive para loteamentos) em área rural de Joinville entrou em vigor ontem. A principal exigência, o lote mínimo de 20 mil metros quadrados, continua valendo. Mas não há mais necessidade de doar 22% da área para equipamentos públicos e áreas verdes.

 

Obra de contenção de cheia no rio Cachoeira

Em etapa da obra de contenção das cheias na área central de Joinville, cuja principal intervenção é a galeria subterrânea paralela ao rio Mathias, parte do rio Cachoeira continua ganhando muro de contenção. Como a retirada do lodo para aprofundar o leito é ambientalmente improvável, o jeito é colocar barreiras ao alto para dar mais vazão e evitar o transbordamento.  O sistema deve entrar em funcionamento em 2019.

 

MP apura TPA

O Ministério Público, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de São Francisco do Sul, abriu inquérito ontem para apurar a legalidade da cobrança de pedágio urbano na cidade litorânea, em estudo pela Prefeitura. No documento, é citado que há interesse do município em instituir o “tributo” chamado de “taxa de proteção ambiental” (TPA).

 

O que queria dizer

Como aparentemente não parece estar tão envolvido na eleição para governador, Udo Döhler decerto se baseava no fato de a cidade contar com o maior colégio eleitoral ao dizer que a “eleição passa por Joinville”. À época que repetia a frase, ele ainda não tinha desistido de concorrer.  

 

Nova reserva

Em agosto, tem consulta pública em Pirabeiraba para discutir a criação da reserva biológica Vale das Nascentes, com 1,5 mil hectares. A área, hoje intocada, fica no vale do rio Ricardo. O imóvel foi doado pelo Banco Central ao IMA em 2014.

 

Mais perto

Está habilitada a empresa que fará a instalação dos 20 novos leitos de UTI no Hospital Regional de Joinville. Há prazo agora para recursos. Logo em seguida, será assinado o contrato.

 

De volta

A Secretaria de Estado da Infraestrutura fez nova publicação sobre o contrato para a conclusão do asfalto da Estrada Rio do Morro, entre Joinville e Araquari. Assim, presume-se, a obra deve ser retomada em semanas.

 

Leia outras publicações de Saavedra

Deixe seu comentário:

Jefferson Saavedra

Saavedra

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

jefferson.saavedra@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação