nsc
    nsc

    Vai encarar?

    A cerveja mais alcoólica do Brasil: rótulo paulista bate recorde nacional e custa R$ 450

    Compartilhe

    Santa
    Por Santa Cerveja
    01/04/2021 - 14h56
    Cerveja mais alcoólica do Brasil
    Cerveja mais alcoólica do Brasil tem preço sugerido de R$ 450 (Foto: Divulgação)

    Uma cervejaria do interior de São Paulo quebrou o próprio recorde ao lançar a cerveja com o maior teor alcoólico do Brasil. Envelhecida em barris de carvalho por dois anos, a Beer Brandy Oak Aged 2021, da Cervejaria da Cuesta, tem 35% de álcool.

    > Cervejas de guarda com produtos locais são a aposta de nova marca catarinense

    Para efeito de comparação, o teor alcoólico da bebida é quase dez vezes maior do que muitas cervejas populares nos bares e mercados brasileiros. Três vezes maior do que a maior parte dos vinhos (que variam entre 11% e 13%, geralmente), e fica perto do volume de álcool de uísques, que beiram 40%.

    Já era da Beer Brandy o atual recorde de cerveja mais alcoólica do Brasil, com a edição de 2019 que tinha 30% de teor. Agora, a cervejaria fez algumas alterações na bebida e aumentou a maturação em carvalho francês, dando mais complexidade à cerveja. Ela também foi concentrada por mais vezes e utilizou uma base com teor alcoólico maior para chegar ao resultado final.

    A cerveja utiliza dois tipos de lúpulo e cinco maltes, e tem como base uma receita de doppelbock. O resultado é uma cerveja de cor âmbar, lembrando um uísque, com aroma de nozes e dulçor amadeirado.

    Feita em edição limitada com apenas 100 garrafas numeradas, a Beer Brandy tem o preço sugerido pela cervejaria de R$ 450.

    *Por Lucas Paraizo lucas.paraizo@somosnsc.com.br

    Leia também

    Fazenda de lúpulos na Serra de SC avança para beneficiar mercado cervejeiro

    Cerveja de feijoada, pudim e arroz doce: veja sabores inusitados lançados no Brasil

    Cerveja que homenageia praia de Florianópolis é escolhida como uma das melhores do mundo

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas