nsc
nsc

Violência urbana

Ranking do Ipea coloca Florianópolis e Joinville entre os munícipios mais violentos do país

Compartilhe

Urban
Por Urban Studies
19/07/2021 - 06h50 - Atualizada em: 19/07/2021 - 08h43
Violência
Violência (Foto: Max Kleine em Unsplash)

Com o propósito de orientar o governo federal na discussão e implantação de políticas públicas de combate a violência urbana, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) elaborou um ranking com os 120 municípios mais violentos do país.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Publicado no final de junho (23), o estudo encomendado pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública considera a média anual de homicídios dolosos (quando há intenção em matar) dos municípios brasileiros e a taxa por 100 mil habitantes entre 2018 e 2020 para definir o levantamento.

Os dados da pesquisa realizada pelo Ipea foram coletados no Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisional e de Drogas (Sinesp). Um indicador que capta a tendência de aumento ou diminuição do número de homicídios entre 2019 e 2020 também foi incluído e utilizado como critério de desempate no caso de municípios com a mesma nota geral ou taxa de homicídio.

O total de homicídios nesses municípios, no período considerado pela pesquisa, corresponde a aproximadamente 47% dos ocorridos no Brasil e mais de 80% deles possuem taxas superiores à do Brasil como um todo. No ranking, todas as unidades federativas apresentaram ao menos um município entre os mais violentos, das quais Rio de Janeiro, Bahia e Pernambuco se destacam como as mais presentes.

> Mitos e verdades sobre os efeitos colaterais da vacina contra Covid-19

Os 12 municípios mais violentos do Brasil:

Rio Branco (AC)

Caucaia (CE)

Maracanaú (CE)

Cabo de Santo Agostinho (PE)

Feira de Santana (BA)

Cruzeiro do Sul (AC)

Maranguape (CE)

Juazeiro do Norte (CE)

Camaçari (BA)

Mossoró (RN)

Alvorada (RS)

Altamira (PA)

> Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Em termos regionais, a distribuição de municípios ficou da seguinte forma: Norte com 16, Nordeste com 50, Sudeste com 30, Sul com 15 e Centro Oeste com 9. No Sul, o Rio Grande do Sul é a unidade federativa com o maior número de municípios presentes no levantamento: Alvorada (11), Viamão (48), Porto Alegre (67), Canoas (93), Gravataí (95), Caxias do Sul (100) e Pelotas (112). Dois municípios catarinenses também estão na lista: Florianópolis e Joinville. Na classificação do ranking pela nota geral, o primeiro ocupa o 117º lugar, enquanto o segundo ocupa a 118ª posição. Florianópolis tem uma taxa média (razão entre o total de homicídios dolosos e a estimativa da população) de 14,5 e Joinville de 11,8. A nota geral dos municípios catarinenses no levantamento é 1,3.

Leia também:

Cidade ativa: o que Amsterdã pode ensinar sobre saúde e mobilidade?

Auckland lidera o ranking de Melhores Cidades para se Viver em 2021

Um eterno otimista: a visão de Jaime Lerner sobre as cidades

'Você não é bem-vindo': como a arquitetura hostil influencia comportamentos no espaço urbano?

Câmara aprova projeto que suspende despejos durante a pandemia

Mulheres na gestão urbana: seis nomes que mudaram o jogo

Urban Studies

Colunista

Urban Studies

Conhecimento e informação sobre cidades e vida urbana, com foco em inovação, governança, comunidade, estética, patrimônio e cultura. Conteúdo acessível e aprofundado para cultivar a capacidade humana de criar lugares que as pessoas amem e de que se sintam parte.

siga Urban Studies

Urban Studies

Colunista

Urban Studies

Conhecimento e informação sobre cidades e vida urbana, com foco em inovação, governança, comunidade, estética, patrimônio e cultura. Conteúdo acessível e aprofundado para cultivar a capacidade humana de criar lugares que as pessoas amem e de que se sintam parte.

siga Urban Studies

Mais colunistas

    Mais colunistas