nsc
dc

Humor

Adnet imita Bolsonaro em áudio e gera dúvida em caminhoneiros

Humorista pediu, em gravação, que os caminhoneiros dançassem Macarena

09/09/2021 - 16h19

Compartilhe

Diane
Por Diane Bikel
O áudio gravado pelo humorista gerou dúvidas entre os apoiadores da greve.
O áudio gravado pelo humorista gerou dúvidas entre os apoiadores da greve.
(Foto: )

O humorista Marcelo Adnet voltou a imitar o presidente Jair Bolsonaro na madrugada desta quinta-feira (9). Por volta das 3h15, o artista publicou uma sátira em sua conta pessoal do Twitter em que pedia para que os caminhoneiros liberassem as rodovias federais e dançassem o single Macarena. O áudio gerou dúvidas entre os apoiadores da greve. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

> SC cogita uso de agentes do governo federal para desbloqueio das rodovias

"O áudio que circulou é falso e este é o verdadeiro para vocês permanecerem aí e começarem a dançar Macarena, agora, 3h15 da manhã, e não pararem mais. Não quero ver ninguém na boleia, hein? Todos para fora dos caminhões, dançando a Macarena até aquele outro pedir para sair, tá ok?", disse o humorista imitando a voz de Bolsonaro. 

O presidente havia enviado aos caminhoneiros, horas antes, um áudio pedindo o fim das paralisações para não afetar a economia. Nas redes sociais, a gravação original também gerou dúvidas sobre sua veracidade.

"Fala para os caminhoneiros aí que [eles] são nossos aliados, mas esses bloqueios aí atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Então, dá um toque nos caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade", disse Bolsonaro.

> Filas e falta de gasolina: a situação dos postos de combustíveis em SC

> Dagmara Spautz: Agora o Brasil pode parar?

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, precisou confirmar o áudio em vídeo e reforçar o pedido de liberação das vias.

Na tarde desta quinta-feira, Adnet voltou ao Twitter em outro áudio cantando uma paródia feita com a música Macarena. Na gravação, o humorista segue imitando o presidente.

*Sob supervisão de Vinicius Dias.

Leia também

Zé Trovão está no México e diz que aguarda ordens de Bolsonaro

Procon de SC notifica sindicato sobre altas abusivas no preço do combustível

Caminhões bloqueiam a Esplanada e pressionam por invasão ao acesso do STF

Colunistas