nsc
dc

Norte da Ilha

Adolescentes são resgatadas após suspeita de exploração sexual em Florianópolis

Jovens tinham entre 15 e 17 anos, e também eram obrigadas a cumprir tarefas no estabelecimento

13/05/2022 - 17h29

Compartilhe

Luana
Por Luana Amorim
Caso ocorreu no Norte da Ilha nesta quinta-feira (12)
Caso ocorreu no Norte da Ilha nesta quinta-feira (12)
(Foto: )

Três adolescentes, que estavam sendo exploradas sexualmente em uma balada de Florianópolis, foram resgatadas na noite desta quinta-feira (12). O flagrante ocorreu no Norte da Ilha e uma pessoa foi presa. 

Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A ação fez parte de uma série de vistorias, realizada pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv) e o 21º Batalhão de Polícia Militar, em razão da Operação Parador 27. O objetivo é combater a exploração sexual de crianças e adolescentes. 

Por conta disso, as equipes realizaram vistorias em duas casas noturnas no Norte de Florianópolis. Em uma delas, foram encontradas as adolescentes, de 15 e 17 anos. 

De acordo com a PM, elas estavam há dois dias no local, onde ficariam até o próximo domingo (15). As jovens eram obrigadas a permencecer na casa entre as 20h e as 5h, além de cumprir uma série de regras, como limpar o banheiro. Caso as "tarefas" não fossem realizadas, as meninas seriam penalizadas pelo dono do estabelecimento. 

— Ele retirava 10% do recebido por elas em cada programa para "pagar" essa penalidade cometida no período de permanência no local — explica o tenente Nicolas Marques do 21º Batalhão. 

Após o flagrante, as adolescentes foram encaminhadas à delegacia, onde receberam acolhimento do Conselho Tutelar. Já o responsável pelo estabelecimento foi preso e levado à Central de Polícia. 

Leia também: 

Jovem tenta deixar balada sem pagar conta em Blumenau, mas acaba na delegacia por outro motivo

O que se sabe sobre caso de criança que relatou abuso em bilhete em SC

Pai é preso após filhas revelarem abusos sexuais através de desenhos no RS

Colunistas