nsc
hora_de_sc

Desrespeito

Após denúncias de aglomeração no Costão do Santinho, piscina de resort é interditada em Florianópolis

Dezenas de pessoas foram flagradas na piscina e em outras áreas de lazer

27/02/2021 - 15h52 - Atualizada em: 27/02/2021 - 17h11

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Após denúncias, Guarda Municipal foi até o endereço
Após denúncias, Guarda Municipal foi até o endereço
(Foto: )

A Guarda Municipal de Florianópolis (GMF) e a Vigilância Sanitária interditaram as áreas comuns de um resort que fica no Costão do Santinho, no Norte da Ilha de SC, na tarde deste sábado (27), por descumprir o decreto de lockdown publicado pelo governo de Santa Catarina na manhã da última sexta-feira (26). Os agentes se dirigiram até o local após receberem uma série de denúncias de aglomeração no endereço. 

> Receba notícias de SC por WhatsApp. Clique aqui e saiba como

> Shopping e lojas são fechados por sete dias em São José por descumprirem decreto

As novas regras do Estado proibem, entre outras atividades, a utilização de piscinas de uso coletivo, clubes sociais, esportivos e quadras esportivas e são válidas até as 6h da próxima segunda-feira (1º) e durante todo o fim de semana seguinte - das 23h de 5 de março até 6h de segunda (8).

Com a chegada da GMF, público dispersou
Com a chegada da GMF, público dispersou
(Foto: )

Quando os agentes chegaram no local denunciado, flagraram dezenas de pessoas na piscina e em outros espaços de lazer oferecidos no resort, inclusive no restaurante. Todos foram dispersados, enquanto que as áreas comuns foram interditadas. O hotel, conforme o sub-comandante da GMF Ricardo Pastrana, também responderá a um procedimento administrativo que vai definir a punição.

> Loja da Havan é interditada no Centro de Florianópolis por descumprir restrições

> Acompanhe dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

As ações de fiscalização ocorrem em toda a cidades. A Guarda Municipal e a Polícia Militar passam por todas as praias, desde o início da manhã, orientando a população sobre as novas regras e garantindo o cumprimento do decreto.

O que diz o resort

Após a circulação de vídeos que denunciavam o descumprimento das regras do Estado, o resort informou, por meio de nota, que já se adequou ao decreto e lamentou o ocorrido. 

Na mesma nota, disse que o fechamento das áreas comuns ocorreu "antes da chegada" da Guarda Municipal e da Vigilância Sanitária eu que "todos os hóspedes receberam novas instruções de circulação". 

Leia também

Em colapso na saúde, Chapecó fecha comércio por mais uma semana para frear Covid-19

O que é lockdown e como a medida de isolamento serve contra a Covid-19​

Falta de UTI faz médico de Florianópolis escolher entre pacientes para internação

Colunistas