nsc
    hora_de_sc

    MORTE EM TIROTEIO

    Após morte de adolescente, moradores do Morro do Quilombo pedem fim da violência; veja vídeo

    Familiares afirmam que jovem estava desarmado e voltava para casa no momento em que foi baleado

    25/10/2020 - 14h46 - Atualizada em: 26/10/2020 - 08h38

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    Barricada no Itacorubi pede justiça por morte de adolescente
    Barricada no Itacorubi pede justiça por morte de adolescente
    (Foto: )

    Um dia após a morte de um adolescente de 15 anos, que foi baleado durante confronto entre polícia militar e traficantes no Itacorubi, em Florianópolis, na madrugada de sábado (24), moradores do Morro do Quilombo protestaram contra a violência policial. Houve barricadas com queima de pneus.

    > Receba notícias da Grande Florianópolis por WhatsApp. Clique aqui e saiba como

    A manifestação iniciou por volta das 14h, na rodovia Amaro Vieira, e durou por cerca de uma hora, pacificamente. O Corpo de Bombeiros esteve no local para controlar as chamas e policiais militares também acompanharam o manifesto. 

    A família do adolescente afirma que o jovem não estava armado, como apresentou o relatório da PM-SC, e que ele foi surpreendido com um tiro de fuzil na barriga disparado pela guarnição, logo após a meia-noite de sábado, quando voltava da casa da avó. A mãe do adolescente ainda relatou dificuldades para obter informações sobre o jovem. 

    > Ginecologista condenado por violação sexual contra pacientes em Florianópolis recorre da decisão

    À NSC TV, disse que os policiais teriam dito para ela que o adolescente foi socorrido e encaminhado até um hospital da cidade. Ela se dirigiu até a unidade de saúde, onde o filho não tinha dado entrada. Ao retornar para o morro, soube que o jovem estava morto no local e que o Instituto Geral de Perícias (IGP) trabalhava na cena do crime. 

    A polícia, ao contrário da versão da família, relatou que uma viatura estava em rondas pela região no momento em que os policiais se depararam com os traficantes, que dispararam contra os agentes. Disse, também, que toda a ação foi registrada em vídeo, inclusive de câmeras de monitoramento no acesso à comunidade, e que esse material ficará à disposição da Polícia Civil, responsável pelo inquérito. 

    Assista ao vídeo do protesto no Itacorubi

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas