nsc
dc

Arte

Artista de Joaçaba, Gabi Bresola vence Prêmio AF de Arte Contemporânea 2021

Exposição com os três finalistas de uma das premiações mais importantes de Santa Catarina pode ser visitada até o dia 11 de novembro

13/10/2021 - 08h41

Compartilhe

Marina
Por Marina Martini Lopes
Gabi Bresola
Desde 2012, Gabi realiza exposições e publicações e dedica-se principalmente à elaboração de projetos culturais de artes visuais e de cinema
(Foto: )

Com um trabalho voltado às questões geopolíticas e o entrecruzamento do conhecimento empírico e formal, a artista Gabi Bresola, de Joaçaba, é a vencedora do Prêmio AF de Arte Contemporânea 2021. O anúncio foi feito no último sábado (9), durante a abertura da exposição dos três finalistas da oitava edição da premiação: Gabi Bresola, Diego de los Campos e Fran Favero.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Como prêmio, Gabi Bresola fará uma residência artística de três meses na Cité Internationale des Arts, em Paris. A mostra segue aberta até o dia 11 de novembro na Fundação Cultural BADESC, em Florianópolis. As obras podem ser visitadas também virtualmente, no site da Fundação Cultural Badesc.

O trabalho artístico de Gabi Bresola perpassa suas vivências e sua formação rural, juntamente à sua formação acadêmica. Ao trabalhar com geopolítica, a artista propõe discussões entre a chamada cultura do interior e o conhecimento acadêmico. Gabi é também reconhecida pela pesquisa em publicações de artistas e pela coorganização da feira Flamboiã. Na academia, é mestre em Artes Visuais pela Udesc.

> Conheça a história de Maura de Senna Pereira, primeira mulher a se tornar membro da Academia Catarinense de Letras

Desde 2012, Gabi realiza exposições e publicações e dedica-se principalmente à elaboração de projetos culturais de artes visuais e de cinema pela Ombu Produção. Ela também já atuou como curadora de exposições, entre elas Interior, Verada e Reles Chão. Individualmente, já expôs em Florianópolis, Itajaí e São Paulo. No cinema, dirigiu o curta Larfiagem; filme premiado no festival Florianópolis Audiovisual Mercosul (FAM) em 2017. Também já produziu filmes como Antonieta e Documentário.

Os três finalistas e a vencedora do 8º Prêmio AF de Arte Contemporânea foram selecionados pelo júri formado por Sandra Checruski Souza, mestre em História da Arte (Udesc), especialista em Gestão e Políticas Culturais (Universidade de Girona-Espanha) e coordenadora do setor educativo e de programação cultural do Museu de Florianópolis; e por Niura Borges, pesquisadora, mestre em artes visuais (UFRGS) e galerista gaúcha. Em 2021, a premiação teve recorde de inscritos.

> Arte em muro conta a história de São José

Assim como em 2020, a oitava edição do Prêmio AF de Arte Contemporânea terá um formato híbrido de exposição em 2021. Pela terceira vez, a Fundação Cultural BADESC, uma das instituições culturais mais importantes de Santa Catarina, recebe as obras dos artistas finalistas da premiação promovida pela Aliança Francesa de Florianópolis. A mostra poderá ser visitada até 11 de novembro na sede da Fundação, em Florianópolis, ou por meio de visita virtual no site da instituição.

Exposição Prêmio AF de Arte Contemporânea 2021

Com Diego de los Campos, Fran Favero e Gabi Bresola

Visitação até 11 de novembro de 2021; de terça a sábado, das 13h às 18h

Fundação Cultural Badesc (Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis)

Visita virtual pelo site da Fundação

Visitação gratuita

Leia também:

> Artista plástico Luiz Bernardes fala sobre Fritz Müller, obras e projetos

> Conheça a história do catarinense Cruz e Sousa, o poeta do Simbolismo

> Após acusações pornográficas, Yasmin Brunet vai processar Simone Medina, diz colunista

Colunistas