nsc
hora_de_sc

Arte

Artista Ernesto Meyer Filho é homenageado em mural no Centro de Florianópolis

Mural "O Baile Místico de Meyer Filho" foi lançado nesta terça-feira (7), no calçadão da Felipe Schmidt

08/12/2021 - 09h05

Compartilhe

Marina
Por Marina Martini Lopes
O Baile Místico de Meyer Filho
O mural de 33 metros de altura, chamado "O Baile Místico de Meyer Filho", tem autoria do artista Rodrigo Rizo
(Foto: )

O catarinense Ernesto Meyer Filho é o novo rosto a ilustrar a lateral de um prédio no Centro de Florianópolis - cidade acolheu o artista aos três anos de idade, quando a família se mudou de Itajaí. Foi na capital catarinense que Meyer Filho, embaixador autoproclamado de Marte e autor dos conhecidos "galos cósmicos", produziu seu amplo acervo de obras. Hoje é reconhecido que o artista estava na vanguarda do movimento modernista no Brasil.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

No ano em que se comemora o centenário de Ernesto Meyer Filho, o Movimento Grande Baile Místico, fundado para resgatar e valorizar a cultura e disseminar o folclore e a mitologia de Florianópolis, escolheu o artista para ocupar a empena do edifício Florêncio Costa, localizado na rua Felipe Schmidt. O mural de 33 metros de altura, chamado O Baile Místico de Meyer Filho, tem autoria do artista Rodrigo Rizo, assistência de Tuane Ferreira e produção de Victor Moraes. A obra foi inaugurada na tarde desta terça-feira (7).

- É muito gratificante ver a obra do meu avô sendo eternizada através de imagens que representam um pouco do mundo paralelo criado por ele - comenta Iael Meyer, neto de Ernesto Meyer Filho. - Agora o Centro de Florianópolis está ainda mais colorido. Tive oportunidade de ter uma conexão desde pequeno com o velho Meyer, vivenciando suas obras, tintas, manias e todo seu amor à arte. Dá muito orgulho ver a grandeza da sua obra podendo agora ser apreciada por todos.

> Florianópolis recebe primeira exposição outdoor de cripto arte 3D do mundo

A entrega do mural foi um ato simbólico para reverenciar a obra, a contribuição do artista e o seu centenário. A solenidade contou com depoimentos sobre a influência de Meyer no imaginário coletivo e na identidade da cidade, rendeiras, show de música e dança do Boi de Mamão.

O novo mural consolida o Centro de Florianópolis como uma verdadeira galeria a céu aberto: entre os murais que podem ser apreciados pelos prédios do bairro (veja galeria acima), estão obras em homenagem a Franklin Cascaes, Antonieta de Barros, Cruz e Sousa; uma pintura exaltando a fauna e a flora da cidade (o mural Natureza do Desterro); outra mostrando o motorista Mário Mariano de Assis e sua esposa Elza; entre outras.

Leia também:

> Historiadora resgata obra de português que usou a arte para denunciar infância vivida em reformatórios

> Grammy 2022 anuncia indicados; Olivia Rodrigo concorre às quatro principais categorias

> Especial Nos Trilhos do Blues: as origens e os subgêneros de um dos estilos mais influentes da música

Colunistas