nsc
santa

Investigação

Assassinato por uso de máscara foi filmado por câmeras de segurança em Itapema; polícia analisa imagens

Daniel Pereira Santos foi morto após pedir que clientes usassem item de proteção contra o coronavírus

24/03/2021 - 07h38 - Atualizada em: 26/03/2021 - 16h58

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Daniel Pereira Santos foi morto na segunda-feira (22) após pedir que clientes usassem máscaras
Daniel Pereira Santos foi morto na segunda-feira (22) após pedir que clientes usassem máscaras
(Foto: )

As câmeras de segurança do mercado em Itapema, no Litoral Norte, onde um comerciante de 24 anos foi morto após pedir que clientes usassem máscaras estão sendo analisadas pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Diogo Medeiros, três suspeitos são investigados pelo crime que aconteceu na segunda-feira (22).

> Homem preso por assassinato por uso de máscara em Itapema nega ter atirado na vítima, diz delegado

> Entre no grupo do Santa e receba notícias por WhatsApp

— Ainda estamos em diligências e muita coisa está sendo apurada. O mercado tem câmeras de segurança e nós estamos analisando para identificar os três homens envolvidos na briga — contou.

Daniel Pereira Santos foi assassinado na frente do mercado da família após solicitar o uso do item de proteção contra o coronavírus. Eles também tentaram beber em frente ao mercado, mas a vítima reclamou da aglomeração.

Durante as solicitações um dos homens teria arremessado uma lata em Daniel antes de deixar o lugar. Mais tarde, eles retornaram. Um deles atirou quatro vezes em direção a Daniel, sendo que ao menos um dos disparos o atingiu na região do pescoço. O caso foi definido pelo delegado como um crime banal.

> SC tem 90 mil cirurgias eletivas à espera, alerta secretário da Fazenda

— A motivação foi banal. A Polícia Civil segue a investigação. Estamos com mais de 90% dos homicídios elucidados aqui na comarca. Garanto que esse será mais um — disse em um vídeo publicado na terça-feira (24).

> Temporal causa uma morte em Blumenau e deixa 62 mil imóveis sem energia elétrica na região

Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 19h no bairro Alto São Bento. Daniel chegou a ser levado a uma unidade de saúde, mas não resistiu.

Leia mais:

Falso representante tenta vender 30 milhões de doses da CoronaVac ao governo de SC

É falso o calendário de vacinação contra Covid-19 que circula no Whatsapp

Bebê de sete meses é a mais jovem a morrer por Covid-19 em Joinville

Colunistas