nsc
dc

TRAGÉDIA EM SAUDADES

Ataque a creche em SC: "Uma cena de terror", diz secretária de Educação

Três crianças e dois adultos morrerem noa ataque em Saudades; funcionárias estão em estado de choque

04/05/2021 - 12h49 - Atualizada em: 04/05/2021 - 14h55

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Ataque a creche causa pânico em Saudades
Ataque a creche causa pânico em Saudades
(Foto: )

Uma "cena de terror". É assim que descreve a secretária de Educação de Saudades, Gisela Hermann. Ela esteve na creche Aquarela logo após um crime, em que três crianças, uma professora e uma agente educadora morreram ao serem atacadas por um jovem com um facão. Em entrevista ao G1, a secretária relatou que a cena era aterrorizante no local do crime:

— Chegamos lá, uma cena de terror. Consegui entrar na escola. Tinha um "cara" deitado no chão, mas ainda vivo, uma professora morta, uma criança morta também. A sala estava fechada, não deixaram a gente entrar — contou.

> Jovem com faca invade creche e mata crianças e professora no Oeste de SC

> Receba notícias de Santa Catarina por WhatsApp

Um jovem de 18 anos invadiu a creche com uma faca, possivelmente uma adaga. Três crianças e uma professora morreram na hora. Uma quinta vítima chegou a ser levada ao Hospital de Chapecó. Ela não resistiu aos ferimentos. 

Conforme o delegado Jerônimo Marçal, outra criança teve ferimentos leves e não corre risco de morrer. Segundo a Polícia Civil, o homem foi preso após o ataque, mas está hospitalizado devido a ferimentos.

— Estou em estado de choque. Estamos todos em estado de choque — afirmou a secretária. 

Ela ficou sabendo do acontecido por uma ligação recebida às 9h30min. As aulas em Saudades foram suspensas por uma semana. A creche atacada atende crianças de 6 meses a 2 anos de idade, conforme a secretária.

> Em ataque a creche de SC, professoras trancaram crianças na sala de aula para evitar mais mortes

— A gente se solidariza com todas as famílias — disse Gisela. 

A secretária informou que parte jurídica da prefeitura acompanha o caso. O município tem 9,8 mil habitantes e fica a 67 quilômetros de Chapecó, a maior cidade do Oeste catarinense, e 600 quilômetros de Florianópolis.

Leia também

Cenas de horror e gritos por socorro: professora relata desespero durante ataque a creche de SC

Quem era a professora morta em ataque a creche no Oeste de SC

Colunistas