nsc
nsc

Ecoturismo

Atividades esportivas para praticar no inverno serrano

Arvorismo, cavalgada, rapel e tirolesa são algumas das opções para quem quer se aventurar em meio a paisagens encantadoras da Serra Catarinense

06/07/2021 - 12h43 - Atualizada em: 27/07/2021 - 14h43

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Na Serra catarinense, há muitas trilhas para descobrir
Na Serra catarinense, há muitas trilhas para descobrir
(Foto: )

Muitos conhecem a Serra Catarinense por suas paisagens incríveis e frio intenso, mas você sabia que existem muitas atividades esportivas que são perfeitas para praticar na região? Além dos benefícios de manter o corpo ativo, os esportes de aventura e o ecoturismo são formas de interagir com a natureza de maneira consciente e sustentável.

Com as baixas temperaturas que vêm fazendo em todo o estado, é provável que você não esteja com muita vontade de se jogar na água gelada, não é? Pensando nisso, preparamos um guia com algumas atividades que vão te manter aquecido enquanto transita por lugares impressionantes.

> Serra catarinense oferece acomodações para todos os gostos; conheça as possibilidades

Arvorismo

Nas cidades de São Joaquim e Urubici, você pode se aventurar em pontes suspensas em meio às araucárias. Essas árvores, que são muito importantes para a cultura e economia local, dão origem a diversas lendas e a semente do pinhão, usada em pratos tradicionais. Em São Joaquim, há registro de um espécime com 42 metros de altura, uma das maiores do país.

Ao realizar trilhas suspensas em meio às árvores, é importante estar equipado com os ítens de segurança.
Ao realizar trilhas suspensas em meio às árvores, é importante estar equipado com os ítens de segurança.
(Foto: )

Para praticar o arvorismo, você não precisa de muita experiência. As plataformas são fixadas no topo das árvores e há uma estrutura de segurança para garantir que você não corra nenhum risco.

Com diferentes trajetos, a dificuldade varia de acordo com os obstáculos que vão existir no caminho. É preciso uma dose de equilíbrio e um pouco de coragem, porque as plataformas balançam!

Cavalgadas

Símbolo cultural muito forte na região, muitas famílias ensinam seus filhos a cavalgarem quando são bem pequenos. E a prática tem relação com a colonização da região. A cidade de Lages, por exemplo, servia de pouso para os tropeiros que viajavam a cavalo entre o Rio Grande do Sul e São Paulo.

A cavalgada pode ser realizada por adultos e crianças
A cavalgada pode ser realizada por adultos e crianças
(Foto: )

Nas cidades de Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Lages, São Joaquim, Urubici e Urupema, muitos hotéis rurais oferecem cavalgadas para os visitantes. Que tal respirar ar puro enquanto galopa em meio a trilhas, morros e rios quando estiver na serra?

> Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Trilhas ecológicas/ Trekking

A pé ou a cavalo, há muitas trilhas para descobrir. Elas podem variar em extensão e dificuldade: das mais curtas, com duração de aproximadamente uma hora, às mais longas, que exigem um condicionamento físico mais robusto por parte de quem a pratica, podendo durar dias.

Em Urubici, um caminho bastante conhecido é o que leva até o Cânion Espraiado. O trekking até o cânion é uma opção para caminhar em meio a um dos cenários mais lindos de Santa Catarina. Para chegar até lá, é possível contratar empresas especializadas, ou ir com a orientação de um guia. A vista é, definitivamente, recompensadora. Mas fique ligado: é preciso agendar a visita.

Ao final da caminhada, há o balanço infinito, onde os visitantes podem se balançar na borda dos cânion
Ao final da caminhada, há o balanço infinito, onde os visitantes podem se balançar na borda dos cânion
(Foto: )

Tirolesa

Já pensou em sobrevoar uma cascata com 100 metros de altura? O Parque Cascata do Avencal, em Urubici, tem uma tirolesa que passa em cima da cachoeira. É de dar frio na barriga.

> O que fazer no inverno em Santa Catarina

Para chegar até lá, você pode ir de carro ou pegar uma trilha e começar a aventura mais cedo. Se decidir fazer como muitos visitantes e deixar o carro no pé da cachoeira, fique atento às pedras, que são escorregadias.

A 100 metros de altura, os visitantes podem fazer uma tirolesa de 200 metros de extensão.
A 100 metros de altura, os visitantes podem fazer uma tirolesa de 200 metros de extensão.
(Foto: )

Ciclismo

Com paredões gigantescos e muitas curvas, a Serra do Corvo Branco é um destino frequente entre ciclistas que estão em busca de adrenalina. Ela fica entre Urubici e Grão Pará e foi uma das primeiras estradas a ligar a serra ao litoral. Como existem muitos pontos estreitos e curvas acentuadas, é preciso transitar por ela com cautela.

> Cidade ativa: o que Amsterdã pode ensinar sobre saúde e mobilidade?

Outras opções são a Serra do Rio do Rastro, com suas mais de duzentas curvas, o Morro da Igreja, que dá acesso à Pedra Furada em Urubici, e diversas operadoras autorizadas que promovem eventos de mountain bike e passeios para visitantes.

Escalada e Montanhismo

Escalar montanhas, serras e cânions pode ser o que você está buscando para se desligar da vida urbana. Algumas opções são as escaladas nos cânions (canyoning) e na Serra do Rio do Rastro. Mas atenção, é importante que esteja acompanhado de alguém experiente ou que conheça as técnicas de escalada para evitar acidentes.

Praticar o montanhismo é uma forma de se desligar da vida agitada
Praticar o montanhismo é uma forma de se desligar da vida agitada
(Foto: )

Para uma versão mais leve, é possível realizar caminhadas em montanhas enquanto aprecia a paisagem. Além de operadoras que oferecem escaladas em muros artificiais e atividades de montanhismo orientadas. Então prepare o tênis, água na mão e boa escalada!

Quer saber mais sobre como curtir a Serra catarinense? Confira o especial Descubra a Serra.

Leia também

Neve em SC no meio da tarde surpreende turistas em Urupema: "Lindo e emocionante"

São Joaquim registra primeira neve de 2021 em SC

Qual cidade de Santa Catarina é a mais fria?

Colunistas