nsc
hora_de_sc

Grande Florianópolis

"Banho de descarrego" em Palhoça termina em denúncia de estupro e com dois presos

Quatro mulheres denunciaram o crime em abril deste ano; polícia acredita que haja mais vítimas

24/05/2021 - 09h53 - Atualizada em: 24/05/2021 - 10h17

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Vítimas procuraram a delegacia em abril deste ano para denunciar os abusos
Vítimas procuraram a delegacia em abril deste ano para denunciar os abusos
(Foto: )

Um casal foi preso na manhã desta segunda-feira (24) em Palhoça, na Grande Florianópolis, por suspeita de abusar sexualmente de quatro mulheres durante rituais espirituais. Os suspeitos, segundo a investigação, praticavam o crime durante "banhos de descarrego". A polícia acredita que haja mais vítimas.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

As denúncias foram registradas em abril deste ano. As vítimas, que têm entre 20 e 40 anos, relataram que o homem dizia estar sob influência espiritual da entidade “Capa Preta”. Ele agia, segundo a polícia, sob o comando e autorização da sua esposa, que era chamada como “Cambona”. 

As vítimas contaram à polícia que o casal realizava jantares regados a bebidas alcoólicas em sua residência e posteriormente iniciava os atendimentos espirituais.

De acordo com a polícia, os abusos aconteceram durante o “banho de descarrego'', em que as vítimas eram convencidas por “Cambona” a entrarem nuas no banheiro e, após o banho, eram abusadas pelo homem.

Algumas vítimas relataram à polícia o uso de violência para a prática dos abusos sexuais, bem como ameaças, como ”se você não deixar fazer isso, a entidade irá desgraçar sua vida”.

Ambos presos estão sendo investigados pelos crimes de violação sexual mediante fraude e estupro. Eles foram presos temporariamente. Também foram realizadas buscas no local onde os rituais aconteciam. Não foi divulgado o que foi apreendido.

A polícia acredita que mais mulheres tenham sido vítimas do casal. Denúncias podem ser feitas na Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Palhoça ou por meio dos números 100 e 181.

Também é possível denunciar na delegacia virtual pelo site www.pc.sc.gov.br e no Whatsapp (48) 98844-0011.

Leia mais: 

Cinco denúncias de abuso sexual em creche de Itapema são investigadas

Pastor acusado de abusar mulheres em SC dizia ter "dons mediúnicos" para praticar crimes

Pai é preso suspeito de abusar sexualmente da filha durante sete anos em Chapecó

Colunistas