nsc
hora_de_sc

Para fazer em casa

Biscoitos de Natal: aprenda a tradição com as melhores receitas

Sucesso no mês de dezembro, o biscoito de Natal é produzido em muitos locais e possui algumas variações

21/12/2020 - 06h00

Compartilhe

Por Giulia Machado
No Brasil a tradição dos biscoitos de Natal é mais forte na região Sul
No Brasil a tradição dos biscoitos de Natal é mais forte na região Sul
(Foto: )

O Natal é uma comemoração que traz em si muitas tradições, como o pinheiro decorado, o presépio, o ato de presentear amigos e familiares. E muitas dessas tradições são culinárias, como o famoso biscoito de Natal.

> Natal 2020: dicas para escolher o presente para quem já tem tudo

A preparação dos biscoitos é uma oportunidade para unir a família, já que todos podem "colocar a mão na massa" na preparação dessa receita. As crianças também se divertem, já que os doces podem ser decorados e cortados em vários formatos.

Conhecida em muitos países, a receita de biscoito de Natal tem variações dependendo da localidade e sua história é incerta: há diversas lendas e versões sobre o surgimento do doce. Confira abaixo algumas delas e também receitas deliciosas para preparar em casa com a família neste Natal.

História do biscoito de Natal

Uma das lendas mais difundidas conta que o biscoito de Natal de gengibre, em formato de homenzinho, teria surgido na Escandinávia, região da Europa que abrange principalmente a Dinamarca, Noruega e Suécia. Lá, uma mulher preparava os doces nesse formato e, ao abrir o forno, o biscoito teria ganhado vida e fugido para não ser comido, e nunca mais teria sido encontrado.

> Ceia de Natal simples: quatro receitas para surpreender

Hoje essa variação do doce de Natal é muito consumida nos Estados Unidos e em toda a América do Norte. Foram os imigrantes europeus que levaram o hábito para lá (confira uma receita abaixo).

Gingerbread
Gingerbread
(Foto: )

Ainda na Europa, alguns relatam que o "biscoito de homenzinho", que nos dias de hoje é chamado de gingerbread cookie, teria sido um pedido da rainha Elizabeth I, para servir com o tradicional chá das cinco inglês.

Na Alemanha, a tradição conta que os biscoitos teriam surgido em conventos e mosteiros e eram pendurados nas árvores de Natal. Lá, as casas de gingerbread também teriam aparecido no século XVI. O doce teria se popularizado devido ao conto dos irmãos Grimm "João e Maria", em que os personagens, ao vagar por uma floresta, acabam de deparando com uma casa feita inteiramente de doces.

Gingerbread house
Gingerbread house
(Foto: )

> De onde vem a tradição de dar presentes no Natal?

No Brasil a tradição dos biscoitos de Natal é mais forte no Sul do país, devido ao fato de ser a região que mais possui imigrantes alemães, que trouxeram o hábito de preparar as Plättchens, bolachas de Natal típicas da cultura alemã nesta época do ano. 

Receitas de biscoito de Natal

Plättchens

Ingredientes

6 ovos

300 gr de manteiga

500 gr de açúcar

1 kg de farinha de trigo

1 colher de sopa de fermento em pó

1 colher de chá de essência de baunilha

Ingredientes para a decoração

1 clara de ovo

2 colheres de sobremesa de suco de limão

300 gr de açúcar

Modo de preparo

Em um recipiente, misture a farinha de trigo peneirada com o fermento em pó. Em seguida, junte o açúcar e misture. Acrescente a manteiga em temperatura ambiente e, com as mãos, misture até formar uma farofa.

Adicione os ovos um a um, amassando até que a massa solte das mãos. Por fim, acrescente a essência de baunilha. Enfarinhe uma superfície lisa e abra a massa no rolo. Recorte a massa e molde. Leve ao forno em temperatura média até dourar.

Para a decoração misture a clara com o suco e aqueça, sem deixar ferver. Em seguida, coloque o conteúdo em uma vasilha e bata com o açúcar.

Bata até ficar firme e comece a decorar.

Confira mais informações sobre as bolachas alemãs clicando aqui.

Bolachas de Natal
Bolachas de Natal
(Foto: )

Gingerbread ou biscoito de gengibre

Ingredientes

2 1/4 xícaras de farinha de trigo

1/2 xícara de açúcar

1/2 xícara de manteiga amolecida

1/2 xícara de melado

1 1/2 colher (chá) de canela em pó

1 colher (chá) de fermento químico

1 colher (chá) de gengibre em pó

1/2 colher (chá) de cravo em pó

1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1/2 colher (chá) de sal

1/4 colher (chá) de noz moscada em pó

1 ovo

Ingredientes para a decoração

1 xícara de açúcar de confeiteiro

2 colheres (sopa) de leite

Corante alimentício

Modo de preparo

Em uma tigela grande adicione a farinha, açúcar, manteiga, melado, ovo, canela, fermento, gengibre, bicarbonato, sal e noz moscada. Utilize uma batedeira em velocidade média para misturar bem os ingredientes. Junte a massa em um filme plástico e deixe na geladeira por 1 hora.

Pré-aqueça o forno a 180 °C.

Coloque um pouco de farinha em uma superfície lisa e em um abridor de massa. Abra a massa para que fique com aproximadamente 0,3 cm de espessura. Use cortadores de cookies para formar os biscoitos e coloque-os em formas, com 1 cm de distância um do outro. Junte o que sobrou da massa e repita o processo. Asse por 8 minutos ou até que as bordas dos cookies estejam douradas. Com uma espátula retire da forma e deixe esfriar totalmente.

Para fazer a decoração misture bem o açúcar de confeiteiro, o leite e o corante de sua escolha. Se quiser branco não precisa colocar corante.

Coloque esta mistura em um saco de confeitar e faça a decoração como desejar. Deixe a cobertura secar completamente.

* Receita traduzida da Reader's Digest Canada por Inglês Culinário.

> Árvore de Natal: conheça a história e o significado

Gingerbread House

A massa dessa receita é a mesma do biscoito de gengibre comum, o que diferencia é a sua montagem e o glacê usado, que precisa servir de "cola".

Ingredientes glacê

Uma clara

1 colher de chá de extrato de baunilha

170 gr de açúcar impalpável

Dica: para decorar todas as casinhas, utilize 3 receitas de glacê, mas faça uma de cada vez para não ressecar.

Modo de preparo

Para conseguir montar o biscoito em formato de casa é necessário fazer alguns moldes, veja os moldes de dois tamanhos diferentes:

Em uma folha de papel firme desenhe um traço de 15 cm por 9 cm de largura. No meio da medida de 15 cm, trace uma reta de 20 cm de altura.

Trace duas retas unindo o meio e a lateral para formar o telhado. Esta será a parte da frente da sua casinha. Você precisará utilizar este molde duas vezes.

Desenhe um retângulo de 11 x 9 cm. Esta será a lateral da casinha. Você utilizará este molde 2 vezes.

Para o telhado, desenhe um retângulo de 11 x 15 cm. Você utilizará este molde duas vezes.

Faça os mesmos desenhos acima, mas em proporções menores:

Base: 10 x 9 x 12 cm.

Lateral: 7 x 5,5 cm.

Telhado: 7 x 9,5 cm.

Decore todas as bolachinhas com o glacê e deixe esfriar por aproximadamente duas horas.

Utilize o glacê para montar as casinhas, ele servirá de cola.

Na tábua em que você for servir, comece colando a parte da frente e das laterais da casinha, utilizando uma latinha de apoio.

Dica 1: Se necessário, corte um pouco das laterais dos biscoitos para facilitar a colagem.

Dica 2: Cole as laterais da casinha para fora, vai ficar mais fácil de encaixar o telhado depois.

Quando a casinha estiver toda montada e só faltar um pedaço do telhado para colar, preencha o interior com balas de goma.

Por fim, feche a casinha com mais glacê.

* Receita por Dani Noce.

> Árvore do bem NSC: o que é, como participar e até quando doar

Colunistas