nsc
santa

VALE DO ITAJAÍ

Blumenau confirma primeira morte por dengue em meio à infestação histórica

Cidade não tinha registro de óbito pela doença; dengue tem levado moradores aos hospitais neste ano

14/04/2022 - 17h24 - Atualizada em: 14/04/2022 - 17h31

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Agentes passam por casas para alertar sobre cuidados com a dengue
Agentes passam por casas para alertar sobre cuidados com a dengue
(Foto: )

A prefeitura de Blumenau confirmou a primeira morte por dengue registrada na cidade. Um homem de 94 anos, que faleceu no dia 21 de março, teve o diagnóstico atestado pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen) nesta quinta-feira (14). Em meio a uma infestação sem precedentes do mosquito, a cidade não tinha registro de óbitos por conta da doença até então. 

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp

Conforme informações da Secretaria de Promoção da Saúde, o caso era autóctone, ou seja, contraído no município. Blumenau vive uma infestação histórica do Aedes aegypti. De janeiro até esta quinta-feira, foram encontrados 2.020 focos do mosquito. São 371 casos confirmados e outros 1.844 considerados suspeitos, que aguardam resultado de exame.

Duas mortes de moradores de Blumenau por suspeita de dengue estavam sendo investigadas pelo Estado, conforme boletim divulgado nesta quarta. Por enquanto, apenas a do idoso foi confirmada. A de uma mulher de 75 anos, que faleceu dia 3, segue em análise.

São 15 moradores internados em hospitais da cidade por suspeita da doença. Destes, 14 estão em enfermaria e um está em UTI.

Dengue em Blumenau

Nunca antes na história de Blumenau o município viveu uma infestação do Aedes Aegypti, transmissor da dengue, febre amarela, zika e chikungunya, como a que ocorre neste ano. Em 2021, quando a cidade bateu recorde de casos, foram registrados 13 doentes, número muito menor que os 371 somados apenas nos primeiros meses de 2022. O município já decretou situação de emergência.

Com uma “sala de situação” montada, a prefeitura organiza diversas ações de combate, entre elas o dia “D”, que será concentrado na região da Escola Agrícola, com limpeza e orientação aos moradores.

A prefeitura também anunciou a contratação de 50 agentes.

Leia também

Cidades da região de Blumenau preparam manifesto eleitoral inédito

Escolas particulares de Blumenau visitarão as públicas com piores notas no Ideb

Evento em Blumenau com cervejarias ao ar livre é adiado

Colunistas