Bolhas gigantes de espuma ainda invadem a pista da SC-418, a Serra Dona Francisca, dois dias após o acidente com caminhão que derramou ácido sulfônico na rodovia. Com o impacto da batida, o produto químico também tomou conta do Rio Seco, afluente que desemboca no Rio Cubatão e é responsável por abastecer 75% da cidade de Joinville.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

Quanto custa a implantação de áreas de escape na Serra Dona Francisca

Conforme a equipe de reportagem da NSC TV que esteve no local, a espuma é bastante lisa e tem deixado o local escorregadio. Com a força do vento, as bolhas voam tanto para as margens da rodovia quanto para a pista.

Na tarde de terça-feira (30), a espuma também podia ser vista em grande quantidade dentro do rio.

Continua depois da publicidade

O que é a substância e o que pode causar?

A substância que vazou é usada na fabricação de detergentes, xampus, limpadores, e até creme dental. No entanto, nestes produtos, o ácido é muito diluído. No caso do que vazou em Joinville, a concentração era muito maior, o que potencializa os efeitos.

Daniele Legat Albino, gerente do Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina (CIATox/SC), explica que, o contato com a pele, olhos ou a ingestão do produto tóxico pode causar danos graves.

Saiba o que é o ácido sulfônico e quais seus efeitos na natureza e no ser humano

Por este risco, portanto, a captação de água da Estação de Tratamento de Água (ETA) Cubatão chegou a ser interrompida ainda na manhã de segunda-feira (29), mas foi retomada na terça-feira após testes com as amostras atestarem a qualidade e segurança da água. Os reservatórios de água também voltaram a ser abastecidos por volta das 10h. O sistema deve ser completamente normalizado até esta quarta-feira (31).

Além da reativação da ETA, o Serra Dona Francisca também foi liberada para veículos. Na noite de segunda-feira, o governo federal reconheceu a situação de emergência de Joinville após o acidente.

Continua depois da publicidade

O acidente

Um caminhão com um carregamento de ácido sulfônico tombou e pegou fogo na manhã de segunda-feira na Serra Dona Francisca, em Joinville.

Saiba o que é o ácido sulfônico e quais seus efeitos na natureza e no ser humano

De acordo com informações da Polícia Militar Ambiental de Joinville, o acidente aconteceu no Km 16. A carreta estava carregada com um produto químico chamado ácido sulfônico, usado para a fabricação de detergentes líquidos, desengraxantes, multiuso, limpa alumínio e limpadores em geral.

Após o acidente, o carregamento vazou e a rodovia precisou ser interditada. O motorista sofreu ferimentos e queimaduras pelo corpo, foi internado no Hospital São José e recebeu alta no fim da manhã de terça-feira.

Veja fotos de terça-feira do Rio Seco

Continua depois da publicidade

Leia também

Polícia vai investigar espuma e contaminação por ácido sulfônico em rio de Joinville

VÍDEO: Veja o momento do acidente que causou vazamento em rio de Joinville

Com alertas, trânsito de cargas perigosas na Serra Dona Francisca está em discussão há quase dez anos

Destaques do NSC Total