A Serra Dona Francisca, em Joinville, foi liberada por volta das 8h desta terça-feira (30) após ficar totalmente bloqueada por cerca de 24 horas por conta de um acidente no Km 15. O caminhão envolvido no ocorrido transportava ácido sulfônico e o local foi fechado porque houve vazamento do químico no Rio Seco, afluente do Rio Cubatão — responsável por abastecer 75% da cidade.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

O trânsito opera no sistema pare e siga e agentes da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) estão no local fazendo a fiscalização e orientando motoristas. Equipes da Ambipar também trabalham na remoção dos mais de 200 tambores que caíram do caminhão.

Ainda nesta manhã, também foi liberada a operação da Estação de Tratamento de Água (ETA) Cubatão. No entanto, apesar da reativação, testes de qualidade estão em andamento e ainda não é possível saber quando o abastecimento será normalizado.

Saiba o que é o ácido sulfônico e quais seus efeitos na natureza e no ser humano

Continua depois da publicidade

Neste momento, está sendo feito o processo de tratamento da água, que leva entre 1h30 e 2h. Após a conclusão do tratamento, a água passará por um novo teste laboratorial para atestar a qualidade. Somente após o resultado deste teste ela começará a ser distribuída para abastecer os reservatórios.

O motorista do caminhão que bateu contra um barranco e pegou fogo chegou a sofrer ferimentos e foi internado no Hospital São José. Por volta das 9h desta terça, ele recebeu alta.

Leia também

Força-tarefa avalia causas e danos ambientais do acidente com ácido sulfônico em SC

Polícia vai investigar espuma e contaminação por ácido sulfônico em rio de Joinville

Do que depende a volta da produção de água no Cubatão, em Joinville

Destaques do NSC Total