nsc
dc

Pandemia

Bolsonaro diz que por ele não haveria Carnaval em 2022

Presidente afirmou ter sido contra a realização das festas já em 2020; segundo a OMS, mundo enfrenta quarta onda da Covid-19

25/11/2021 - 11h17 - Atualizada em: 25/11/2021 - 14h47

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Jair Bolsonaro fala sobre o Carnaval
Bolsonaro enfatizou que decisão depende de governadores e prefeitos
(Foto: )

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesta quinta-feira (25), manifestou-se contra a realização do Carnaval em 2022.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

— Por mim, não teria Carnaval, mas tem um detalhe: quem decide não sou eu. Segundo o Supremo Tribunal Federal (STF), quem decide são os governadores e prefeitos —, disse Bolsonaro, em entrevista à Rádio Sociedade da Bahia.

> Quarta onda da Covid está sendo vivenciada no mundo, afirma diretora da OMS

O presidente afirmou que em 2020 assinou um decreto sobre a pandemia do novo coronavírus, mas apesar disso o Carnaval foi mantido. 

— Não quero aprofundar nessa que poderia ser uma nova polêmica. Em fevereiro do ano passado, ainda estava engatinhando a questão da pandemia, pouco se sabia, praticamente não tinha óbito no Brasil, eu declarei emergência e os governadores e prefeitos ignoraram, fizeram Carnaval no Brasil — prosseguiu. 

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também

Entenda as novas regras sobre o uso de máscaras em SC

Maiores cidades de SC aceitam decisão do Estado e liberam uso de máscara em locais abertos

Carro despenca de estacionamento de shopping e fere pedestre em Itapema

Colunistas