nsc
dc

Coronavírus

Maiores cidades de SC aceitam decisão do Estado e liberam uso de máscara em locais abertos

Florianópolis, Joinville, Blumenau, Chapecó, Criciúma e Lages anunciaram decisão nesta quinta-feira (25)

25/11/2021 - 10h26 - Atualizada em: 25/11/2021 - 14h43

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Máscara segue obrigatória em ambientes fechados ou com aglomeração
Máscara segue obrigatória em ambientes fechados ou com aglomeração
(Foto: )

As principais cidades de Santa Catarina vão seguir o decreto estadual e liberar a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos. A medida foi anunciada na quarta-feira (24) pelo governador Carlos Moisés (sem partido). O uso do item em ambientes fechados ou com aglomeração segue obrigatório.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Mesmo com a flexibilização estadual, os municípios catarinenses podem manter a obrigatoriedade do uso de máscaras. Isso ocorre porque o Estado tem um programa de descentralização das ações de combate à pandemia desde julho do ano passado. Assim, as cidades podem adotar medidas mais rígidas.

Em Florianópolis, o prefeito anunciou nesta quinta-feira (25) que o município vai seguir o decreto estadual. Em uma rede social, Gean Loureiro (DEM) disse que a medida é possível graças ao avanço da vacinação na cidade — mais de 80% da população está com o esquema vacinal contra Covid completo.

O mesmo aconteceu em Joinville. O decreto municipal da obrigatoriedade do uso de máscaras no município foi revogado nesta manhã. Assim, passa a valer a medida estadual, Em Blumenau, a prefeitura também decidiu seguir o decreto estadual. 

Sete a cada 10 cidades de SC cumprem exigência para dispensar máscaras ao ar livre

Já Criciúma, no Sul catarinense, também vai seguir a média estadual. O município já havia se envolvido em uma polêmica ao determinar o fim da obrigatoriedade antes mesmo do Estado. Na época, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) se manifestou contrário a essa ação e a liberação foi revogada.

Segundo o chefe da Vigilância Sanitária de Criciúma Samuel Bucco, as pessoas poderão ficar sem máscaras em locais abertos e sem aglomeração.

O mesmo acontece em Lages. A prefeitura justificou que vai seguir a medida pois tem 70% da população totalmente imunizada contra o coronavírus.

Leia também 

Veja cidades e estados que já flexibilizaram o uso de máscaras no Brasil

Próximos passos da vacinação contra Covid estão definidos em SC; veja documento

Vídeo mostra emoção de profissionais da saúde ao fechar UTI Covid em Joinville

Colunistas