A Google lançou nesta terça-feira (11) uma série de novos recursos de segurança inéditos no mundo para aparelhos Android. O Brasil será pioneiro nos testes das funcionalidades, que incluem sistema anti-roubo e aprimoramento da ferramenta Google Play Protect, que oferece proteção a mais contra fraudes e violações de privacidade ao instalar aplicativos de fontes alternativas.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O projeto-piloto, que chega primeiramente aos brasileiros, é capaz de detectar mudanças súbitas de direção do telefone, forçando o bloqueio automático da tela em caso de tentativas de roubo. Além disso, os recursos possibilitarão o “bloqueio rápido remoto” e o “bloqueio de dispositivo off-line”.

Google lança Gemini, inteligência artificial que superou capacidade humana em testes

Outra novidade é a proibição do sideloading no ecossistema Android no Brasil. A prática — que consiste na instalação manual de aplicativos diretamente no dispositivo, sem passar pelo Google Play e outras lojas certificadas — será bloqueada automaticamente e o usuário receberá uma mensagem de aviso.

Continua depois da publicidade

Veja detalhes de cada função

Bloqueio automático por detecção de roubo

Utilizando Inteligência Artificial (IA) para detectar mudanças abruptas de direção e velocidade no movimento do celular, caso o aparelho seja arrancado da mão do usuário, a tela será automaticamente bloqueada devido à mudança abrupta de direção e velocidade. Quando acionado, exibirá uma notificação para explicar o contexto, mas limitará a notificação a uma vez por dia, e somente quando a tela de bloqueio for interrompida.

Bloqueio rápido remoto

Com a função, bloquear o dispositivo será mais simples, já que a funcionalidade requer apenas o número do chip para o bloqueio via “Encontre meu Dispositivo”, mesmo sem a senha da conta Google. Basta acessar um site, inserir o número do telefone e resolver um desafio de segurança simples para bloquear a tela do dispositivo de qualquer lugar.

Bloqueio de dispositivo off-line

O Android agora pode identificar comportamentos incomuns do usuário, como remover o cartão SIM, estar em locais não frequentados por períodos prolongados ou a perda prolongada de conectividade. Nessas situações, a tela será bloqueada automaticamente para evitar acesso não autorizado.

Ferramenta Google Play Protect

Para reduzir fraudes no Brasil, o Google Play Protect fornecerá segurança adicional quando os usuários brasileiros instalarem aplicativos de fontes alternativas da internet, como navegadores da web, aplicativos de mensagens e gerenciadores de arquivos. Ou seja, usuários que tentarem instalar um aplicativo dessas fontes terão sua ação bloqueada e receberão uma explicação se alguma dessas permissões for detectada, protegendo-os contra possíveis fraudes financeiras e violações de privacidade.

Continua depois da publicidade

A proibição já está em prática em Singapura e exibe uma mensagem de aviso que diz: “Este aplicativo pode solicitar acesso a dados sensíveis. Isso pode aumentar o risco de roubo de identidade ou fraude financeira”. O bloqueio começará a chegar para o ecossistema Android dos brasileiros a partir de junho.

Como participar do programa-piloto

Para participar do programa piloto do Android, basta se inscrever pelo site e preencher o formulário. Assim que os recursos estiverem disponíveis, os voluntários serão notificados. Todas essas funcionalidades estarão disponíveis para usuários com Android 10 ou versões mais recentes até o final deste ano.

Leia também

Entenda como a inteligência artificial está transformando o mundo

Bard do Google: tudo sobre o “novo” ChatGPT

Conheça as características e as fases do Modernismo no Brasil

Destaques do NSC Total