nsc
hora_de_sc

Confusão

Briga pelo uso da máscara termina com um ferido em creche de Florianópolis

Pai teria sido agredido com pedaço de madeira após briga com o vigilante da unidade

03/09/2021 - 13h00 - Atualizada em: 03/09/2021 - 13h12

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Pai teve um corte na cabeça e foi encaminhado para a UPA
Pai teve um corte na cabeça e foi encaminhado para a UPA
(Foto: )

Uma confusão sobre o uso de máscara acabou em briga no bairro Ingleses, em Florianópolis, na tarde de quinta-feira (2). Segundo a Polícia Militar, um pai tentou entrar sem o item em uma creche e foi barrado pelo vigia da unidade. Os dois acabaram discutindo e o homem teria sido agredido com um pedaço de madeira pelo vigilante.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A polícia chamada pelo pai. Segundo os policiais, ele recebeu uma máscara do vigia após ter sido barrado. Depois de entrar na escola e pegar a criança, o homem e o vigilante começaram a discutir.

Segundo os bombeiros, o pai foi agredido com um pedaço de madeira e teve um ferimento na cabeça. Ele foi atendido no local e encaminhado até a Unidade de Pronto Atendimento do Norte da Ilha (UPA Norte).

Um termo circunstanciado foi feito pela polícia. Ninguém foi preso. A reportagem tentou contato com a Polícia Civil, mas não obteve retorno até o fechamento do texto.

O uso de máscaras é obrigatório em Santa Catarina. Quem for flagrado sem o item pode ser multado em R$ 500. O valor pode ser dobrado em caso de reincidência.

Em nota, a prefeitura de Florianópolis informou que vai instaurar uma sindicância para apurar os fatos e eventuais responsabilidades. No texto, a administração reiterou que o uso do item é obrigatório.

Leia também 

Discussão por uso de máscara termina com assassinato de comerciante a tiros em Itapema

Multa de R$ 500 para quem não usar máscara: entenda as regras e como será a fiscalização em SC

SC terá novas regras para eventos, casas noturnas, bares e restaurantes a partir de segunda

Colunistas