nsc
an

Eleições 2020

Francisco de Assis defende licitação do transporte coletivo e criação do Banco do Povo em Joinville

Candidato do PT é o sétimo a participar da série com os nomes que concorrem à prefeitura de Joinville

06/11/2020 - 13h44 - Atualizada em: 06/11/2020 - 15h06

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Francisco de Assis, candidato do PT a prefeito de Joinville
Francisco de Assis, candidato do PT a prefeito de Joinville
(Foto: )

Francisco de Assis (PT), candidato a prefeito de Joinville, participou de entrevista a na tarde desta sexta-feira (6) no A Notícia. A conversa ao vivo com o colunista Jefferson Saavedra e o jornalista Hassan Farias teve duração de 20 minutos.

> Em site especial, saiba tudo sobre as eleições 2020

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

Entre os assuntos abordados, estiveram os planos de governo, a criação de um Banco do Povo para oferecer crédito à pequenas empresas e microempreendedores, a licitação do transporte coletivo, o planejamento para o Hospital São José, entre outros temas.

- Quero mostrar para Joinville que é possível termos uma cidade melhor. Uma cidade que cuide da sua gente, mas que cuide das suas coisas. Vamos governar para todos, mas priorizar quem mais precisa - afirmou.

A série de entrevistas com os candidatos começou na última terça-feira e vai até o dia 12 de novembro, sempre às 14 e 15 horas (veja a programação completa), pelo Facebook do AN e pelo YouTube do NSC Total, com exceção do fim de semana.

Veja a entrevista completa:

Primeira medida de governo

"O primeiro ato vai ser encaminhar para a Câmara de Vereadores o projeto de lei criando o Banco do Povo. Não é uma ideia nova, é verdade, já existe em vários lugares do país, mas vamos encaminhar criando empregos em Joinville. São mais de 30 mil desempregadas e nós queremos fazer a nossa parte. Quando a gente diz que quer governar para todos e priorizar os que mais precisam, eles estão também nessa faixa dos desempregados."

Recursos para o Banco do Povo

"Sobra muito pouco para investimento, cerca de 2% a 3%, e com essa pandemia na saúde, a crise econômica que o nosso país está vivendo, com o aumento da inflação e dos preços diariamente, não tem muito dinheiro público para fazer milagre. Nossa ideia é buscar os recursos para esse fundo de dois bancos, principalmente, do BNDES e Badesc, e uma parte do nosso orçamento."

Prioridade para mobilidade

"Uma das questões mais fundamentais para nós é a licitação do transporte público em Joinville. A comercialização dos bilhetes vai ficar por conta da prefeitura. Nós temos o entendimento que só é possível termos um transporte melhor, uma tarifa mais barata, se nós tivermos o controle da venda dos bilhetes."

Planos para o Hospital São José

"É fortalecer o Hospital São José, dar independência ao seu diretor, não ficar o tempo todo vinculado à secretaria municipal de saúde, criar mais condições de trabalho para serus servidores, fazer concurso público para que tenhamos mais pessoas atendendo à população de Joinville. O hospital é prioridade para nós, não vai ser colocado para uma OS (organização social), não vamos privatizar ou colocar para governo estadual ou federal."

Desburocratização em Joinville

"Acho que o gargalo está na gestão, na forma de fazer política e priorizar as coisas. Nós queremos priorizar o povo, os investimentos e as pessoas que querem investir em Joinville, mas estão indo para outros municípios. Nós vamos agilizar os processos porque é inadmissível que uma empresa que queira se instalar aqui leve seis meses até um ano para conseguir uma licença"

Leia mais:

> Adriano Mesnerovicz propõe criação de empresa municipal de transportes em Joinville

> Adriano Silva defende meritocracia no serviço público e parcerias com iniciativa privada em Joinville

> Anelísio Machado propõe Polícia Municipal para Joinville e defende volta de creches domiciliares

> ​Dalmo Claro fala em reorganizar a saúde e defende construção de novas pontes em Joinville

> Darci de Matos propõe parcerias público-privadas e quer reforma administrativa na Prefeitura de Joinville

> Eduardo Zimmermann propõe teleférico em Joinville e defende liberdade na prevenção ao coronavírus

Colunistas