nsc
dc

Pandemia

Centro de testagem de Covid em Florianópolis tem longa fila e pacientes com guarda-sol

Espaço vem registrando alta procura com escalada de casos em SC; prefeitura promete ampliar testagem

05/01/2022 - 12h36

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Filas dobraram a esquina nesta quarta-feira no centro de testagem do Centro
Filas dobraram a esquina nesta quarta-feira no centro de testagem do Centro
(Foto: )

O centro de testagem de Covid-19 de Florianópolis teve uma longa fila que chegou a dobrar a esquina, na ligação entre as ruas Presidente Coutinho e Dom Joaquim, na manhã desta quarta-feira (5). Pacientes levaram até cadeira de praia e guarda-sol para aguardar pelos testes, que ocorrem na Secretaria de Educação a Distância da Universidade Federal de Santa Catarina (SEAD-UFSC), no Centro da Capital.

SC descarta novas restrições e secretário diz que "já imaginava" alta de casos de Covid

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O espaço começou a funcionar no último dia 30 como um grande centro de testagem voluntária e gratuita para Covid-19. Com o aumento de casos nos últimos dias, possivelmente relacionado à variante Ômicron, a procura pelos exames oferecidos no local aumentou.

A prefeitura de Florianópolis já divulgou um alerta de que o espaço é para pessoas não sintomáticas que desejam fazer o teste. Pacientes que estejam com sintomas precisam passar por avaliação média, e para isso devem procurar as unidades de saúde ou o serviço do Alô, Saúde (0800-333-3233).

Quando começou a operar, a prefeitura informou que o espaço teria capacidade para 100 testes por dia.

Procurada, a Secretaria de Saúde de Florianópolis confirmou que a procura tem sido superior à capacidade de testagem, mas reforçou que ainda há pacientes com sintomas no local, o que não é recomendo. Nesses casos, os testes não são feitos. Isso porque não há equipe disponível para avaliação clínica desses pacientes.

A prefeitura também afirma em nota que “está ampliando a testagem” e que novas ações vao ser anunciadas nos próximos dias. Além do SEAD, há outros quatros centros de testagem para pacientes sintomáticos.

Veja fotos da fila no centro de testagem em Florianópolis

Alta de casos e filas por atendimento em SC

O aumento de casos de Covid-19 já fez Florianópolis entrar em alerta depois de registrar mais de 1 mil testes positivos para a doença em 48 horas.

Em Joinville, pacientes com sintomas de gripe lotaram nesta quarta-feira pelo terceiro dia consecutivo os pronto-atendimentos da cidade. O município também registrou alta de 89% nos diagnósticos positivos da Covid-19.

Em Blumenau, o número de casos ativos duplicou em apenas 24 horas e as internações em UTIs dispararam. A cidade também teve registra filas em unidades de saúde em busca de atendimento.

O secretário de Saúde de SC, André Motta Ribeiro, afirmou em entrevista à NSC TV que os casos de Covid-19 dobraram nos últimos 15 dias e que essa alta após as festas "já era imaginada". Ele também descartou novas restrições por conta da doença.

O governo de SC, apesar disso, convocou uma reunião emergencial na manhã desta quarta para discutir a situação no Estado.

Leia também

Casos ativos de Covid em Blumenau duplicam em 24 horas e internações em UTI disparam

Pacientes com sintomas de gripe lotam pronto-atendimentos de Joinville pelo 3º dia seguido

Florianópolis cancela o Carnaval de 2022

Colunistas