nsc
dc

Temporal

Chuva alaga ruas em Florianópolis e causa transtornos à população; veja fotos

Entre segunda-feira (2) e o início da tarde desta terça (3), acumulado de chuva foi de 99 milímetros na Capital

03/05/2022 - 13h30

Compartilhe

Camilla
Por Camilla Martins
Volume de chuva acumulada na Capital foi de 99 milímetros
Volume de chuva acumulada na Capital foi de 99 milímetros
(Foto: )

A forte chuva que atinge Florianópolis tem causado transtornos nesta terça-feira (3). Segundo o boletim mais recente divulgado pela Defesa Civil, o acumulado registrado na Capital foi de 99 milímetros de segunda (2) até o início da tarde — o que equivale a 99 litros de água por metro quadrado. Há ocorrências de deslizamentos e alagamentos.

Receba notícias do DC via Telegram

Há pontos de alagamento espalhados pela cidade como nos bairros do Rio Tavares e Campeche, no Sul da Ilha. Segundo a prefeitura, os voluntários treinados pelo Curso de Voluntariado em Emergências foram acionados para ficar em alerta e as equipes da Defesa Civil e da Guarda Municipal podem ser acionadas pelos telefones 153 e 199.

Além disso, um deslizamento de terra no bairro José Mendes deixou ao menos duas famílias desabrigadas. Uma delas foi levada a um hotel de Florianópolis e outra foi acolhida por parentes. 

> Ciclone causa ondas de até 4 metros em SC e gera alerta de ressaca

Imagens feitas pelo fotógrafo do Diário Catarinense, Tiago Ghizoni, mostram a dificuldade de moradores do Sul da Ilha frente aos alagamentos desta terça-feira. Há quem se arrisque em meio à água barrenta e os que tentam desviar da lâmina d'água. Além disso, motorista enfrentam pontos com poças na vias do perímetro urbano da Capital.

Veja fotos em Florianópolis  

Mais chuva a caminho 

Segundo a Epagri/Ciram, a previsão para esta quarta-feira (4) indica cerca de 88 milímetros de chuva para a Capital, com alertas para ventos fortes e ondas de até quatro metros por todo o Litoral por causa da formação de um ciclone extratropical. As regiões do Litoral Sul de SC e da Grande Florianópolis devem ser as mais afetadas.  

O que é o ciclone extratropical

As chuvas volumosas e intensas no Estado são causadas por um ciclone extratropical. O fenômeno é comum em Santa Catarina no inverno e em períodos de transição, caso do outono, por estar associado ao encontro de frentes frias com massas de ar tropical, de temperatura quente. Sua formação fora da zona tropical do globo terrestre já indica a razão de parte do nome.

Leia também

Vídeo flagra briga de trânsito que quase terminou em tragédia

PF mira pirâmide financeira que gerou prejuízo milionário em SC

"Considerava uma irmã", diz ex-patroa de mulher que ficou 54 anos em situação de escravidão

Colunistas