As cadeiras e guarda-sóis que costumam estar fixados na praia de Navegantes foram substituídos por galhos, troncos de árvores e até eletrodomésticos que surgem na faixa de areia. Isso porque, com as enchentes que atingem o Estado desde outubro, entulhos são arrastados e formam montanhas de lixo na cidade do Litoral Norte — que até tenta fazer a limpeza, mas parece ser em vão.

Continua depois da publicidade

Para tentar lidar com a situação de maneira mais descontraída, uma “sala de estar” chegou a ser montada na orla e a cena inusitada chamou a atenção dos moradores.

Inscreva-se e receba notícias pelo WhatsApp do Vale do Itajaí

Nos últimos dois meses, a cidade sofre com o problema constante de lixo na praia. Isso se deve, segundo a prefeitura, porque o Rio Itajaí-Açu termina exatamente onde o município fica localizado. Ou seja, todos os dejetos que saem das 47 cidades às margens do rio vão parar na faixa de areia de Navegantes após as chuvas e, sem a contribuição do tempo, não é possível fazer a limpeza definitiva do local.

Só em outubro, foram mais de 200 toneladas de entulho retiradas dos quase 12 quilômetros de extensão das praias e o trabalho vem sendo intensificado desde então. Acontece que, conforme esclarecido pela prefeitura, ainda que essa força-tarefa seja feita diariamente, os profissionais não conseguem dar conta do alto volume de lixo que invade a areia desde o Pontal até o Gravatá.

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Isso porque, quando a maré sobe, outros entulhos chegam até a praia novamente e, em pouco tempo, o serviço feito pela equipe de limpeza horas antes, vai — literalmente — por água abaixo.

Além disso, ainda que a chuva dê uma trégua na cidade, Navegantes depende também do tempo estável nos municípios banhados pelo Rio Itajaí-Açu, já que enchentes em outros pontos do Estado também interferem na situação da praia do Litoral Norte.

A expectativa da prefeitura é que a limpeza total do espaço seja concluída em torno de duas semanas, mas não há previsão de quando isso deve ocorrer, uma vez que os trabalhos dependem do tempo firme não só em Navegantes, como também nas outras cidades às margens do Rio Itajaí-Açu.

Continua depois da publicidade

“Sala de estar” foi montada na faixa de areia da Meia Praia, em Navegantes (Foto: Cleusa Claus dos Santos, Arquivo pessoal)

Espuma no mar

Na manhã desta quinta-feira (30), outro cenário incomum chamou a atenção depois que espumas surgiram no mar de Navegantes. À reportagem, a prefeitura informou que ainda não se sabe o que pode ter causado o fenômeno, mas há suspeita de que isso tenha se formado devido à sujeira que vem pelo rio após as chuvas.

Rio vira “banheira de espuma” e preocupa moradores no Alto Vale; assista vídeo

Uma análise do Instituto do Meio Ambiente (IMA) deve confirmar as razões do episódio após a avaliação de balneabilidade em Navegantes, programada para esta semana.

Espuma surgiu no mar na manhã desta quinta (30) (Foto: Luiz Carlos Souza, NSC TV)

*Sob supervisão de Augusto Ittner

Leia também

El Niño perde força em SC e Estado deve ter “transformação” no tempo

Chuva provoca alagamentos em Navegantes e causa transtornos no Litoral Norte de SC

Destaques do NSC Total