nsc
    hora_de_sc

    Enxurrada

    Chuva forte destrói 14 pontes e deixa 2,5 mil pessoas isoladas em Alfredo Wagner

    Após uma série de estragos, município vai decretar situação de emergência

    29/01/2021 - 16h45 - Atualizada em: 30/01/2021 - 13h09

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    Ao menos 10 comunidades ficaram isoladas em Alfredo Wagner por causa das chuvas
    Ao menos 10 comunidades ficaram isoladas em Alfredo Wagner por causa das chuvas
    (Foto: )

    A forte chuva que atinge Alfredo Wagner, na Grande Florianópolis, desde a noite de quinta-feira (28), tem causado uma série de estragos na cidade e colocado a vida de moradores em risco. Até a tarde desta sexta-feira (29), 14 pontes foram destruídas pela força da água, o que deixou 2,5 mil pessoas isoladas nas comunidades onde moram. Três famílias também precisaram ser retiradas de suas casas devido aos deslizamentos de terra. Não há registro de feridos.

    >Ao menos 14 cidades de SC devem decretar emergência após estragos com chuvas, diz Defesa Civil

    Segundo o prefeito da cidade, Gilmar Sani, uma equipe da Defesa Civil Santa Catarina foi até a cidade para realizar o levantamento dos danos causados pelo temporal. Ao menos 10 comunidades ficaram totalmente isoladas: Chapadão dos Backs, Passo da Limeira, Pinguirrito, Riozinho, Barro Branco, Alto Limeira, São Vedelino, Invernadinha, Arroio do Boi e Caeté. 

    Pontes foram rompidas pela força das águas, após fortes chuvas
    Pontes foram rompidas pela força das águas, após fortes chuvas
    (Foto: )

    > Entenda por que chove tanto nos últimos dias em Santa Catarina

    Devido a crítica situação na cidade, o prefeito afirmou que vai decretar emergência:

    - Das 14 pontes arrancadas, quatro delas são acessos importantes. A gente fica bastante preocupado, também, porque não tem como escoar a água. É a época da safra, o que vai prejudicar muito os nossos agricultores. E continua chovendo forte por aqui - diz o prefeito. 

    As famílias que foram retiradas de suas casas estão em uma área coberta do município e e recebem assistência da prefeitura. Os moradores das comunidades isoladas não corriam riscos de alagamentos ou deslizamentos até o final da tarde desta sexta-feira, segundo o prefeito.

    > Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

    - Estamos batalhando pra encontrar uma forma de abrir um acesso para que essas pessoas possam passar, mas elas estão seguras - concluiu.

    Na mesma região estão sob alerta as cidades de Chapadão do Lageado e Santo Amaro da Imperatriz.

    Pontes foram arrancadas pela água e 2,5 mil pessoas estão isoladas em Alfredo Wagner
    Pontes foram arrancadas pela água e 2,5 mil pessoas estão isoladas em Alfredo Wagner
    (Foto: )

    As chuvas atingem as cidades da Grande Florianópolis há duas semanas e persistem nesta sexta-feira. No domingo passado (24), Florianópolis e Palhoça decretaram situação de emergência por conta dos estragos. Na Capital, um deslizamento de terra chegou matar mãe e filha soterradas.

    Qualquer emergência como risco de deslizamentos pode ser comunicada para a Defesa Civil pelo telefone 199.

    Veja mais fotos 

    Também ocorreram deslizamentos de terra em Alfredo Wagner
    Também ocorreram deslizamentos de terra em Alfredo Wagner
    (Foto: )
    Chuvas em Alfredo Wagner
    Chuvas em Alfredo Wagner
    (Foto: )
    Chuvas em Alfredo Wagner
    Chuvas em Alfredo Wagner
    (Foto: )

    Correção: das 17h45 de sexta-feira (29) até as 14 horas deste sábado (30), informamos que 2,5 mil famílias haviam ficado isoladas por causa da queda das pontes. Na verdade, foram 2,5 mil pessoas. A notícia já foi atualizada.

    Leia também

    Ruas de Florianópolis passam por obras após estragos causados pela chuva

    Alagamento na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, atinge casas e arrasta carros

    Colunistas