nsc
    hora_de_sc

    ENFRENTAMENTO DA COVID-19

    Cidades da Grande Florianópolis reforçam fiscalização para impedir aglomerações no feriado de Finados

    Ações buscam impedir festas clandestinas e aglomerações em praias

    27/10/2020 - 18h59 - Atualizada em: 28/10/2020 - 18h08

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    Praias estão entre as principais preocupações para enfrentamento do coronavírus
    Praias estão entre as principais preocupações para enfrentamento do coronavírus
    (Foto: )

    As cidades de Florianópolis, São José, Palhoça e Biguaçu decidiram aumentar a fiscalização durante o feriadão de Finados para impedir festas clandestinas e aglomerações nas praias da região, como medida de enfrentamento à pandemia do coronavírus. A medida foi definida pelos prefeitos dos quatro principais municípios da região, em videoconferência realizada com o secretário de Estado de Saúde (SES), André Motta Ribeiro, na tarde desta terça-feira (27).

    > Florianópolis chega a 150 mortes por Covid-19, informa Estado

    > Painel do Coronavírus: veja o avanço da pandemia em SC

    Segundo vídeo divulgado pelo prefeito Gean Loureiro (DEM) logo após a reunião (assista abaixo), a fiscalização ocorrerá de maneira integrada entre municípios, Vigilância Sanitária e forças de segurança do Estado. 

    - Não podemos mais aceitar as baladas, festas particulares e todos aqueles eventos que possam aumentar a transmissão nesse momento de grande risco para a nossa região - enfatizou.

    > Balneário Camboriú terá que conter aglomerações no feriado

    Ainda, segundo o chefe do Executivo da Capital, a medida é uma entre outras ações definidas para a região e está relacionada ao avanço de casos ativos de coronavírus - pacientes contaminados e em fase de transmissão - e ao aumento na ocupação de leitos de UTI na região, como já tinha sido divulgado pela reportagem do Diário Catarinense em duas ocasiões diferentes.

    A prefeitura de São José também destacou que uma das principais preocupações está nas praias da região, procuradas com frequência não só por moradores, mas também por turistas de todos os cantos do Brasil e de outros países. 

    > Uma em cada cinco pessoas hospitalizadas com coronavírus está na Grande Florianópolis

    > Em 10 dias, número de pacientes em tratamento de coronavírus cresce 36% em SC

    - O aumento da circulação de pessoas nas praias é um fator que tem contribuído para este aumento no número de casos que está ocorrendo na região exatamente após o último feriado, quando as cidades litorâneas receberão mais visitantes. Desta forma, é fundamental que possamos contar com maior apoio do estado quanto à fiscalização nestes espaços - disse a prefeita, Adeliana Dal Pont.

    Leia também

    Deputados para tribunal de julgamento de 2º impeachment de Moisés são escolhidos na Alesc

    PF conclui que Moisés não cometeu crime na compra dos respiradores

    > Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas