nsc

Saúde

Com 100% de ocupação da UTI, Hospital Universitário fecha emergência pediátrica em Florianópolis

Hospital Universitário usará a estrutura para atender adultos com coronavírus

18/03/2021 - 13h07 - Atualizada em: 18/03/2021 - 13h15

Compartilhe

Jorge
Por Jorge Jr.
Emergência pediátrica foi fechada nesta quinta-feira
Emergência pediátrica foi fechada nesta quinta-feira
(Foto: )

Com 100% de ocupação nos leitos de UTI e atendimento no limite na Emergência Adulto Covid, o Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago, da UFSC, definiu nesta quinta-feira, dia 18, fechar a Emergência Pediátrica da unidade.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

> O que são as variantes do coronavírus e como elas impactam Santa Catarina

De acordo com a direção do HU, a demanda de pacientes críticos adulto com covid tem aumentado, o que fez a unidade fechar a emergência pediátrica por tempo indeterminado para que possa ampliar o atendimento na emergência adulto.

Aos pais que precisarem de atendimento para crianças, a indicação é a emergência do Hospital Infantil Joana de Gusmão ou as UPAs de Florianópolis.

> Homem com Covid-19 tenta embarcar em ônibus e é detido em Florianópolis

Em nota, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares  (Ebserh), que coordenada o HU, comentou sobre a decisão. Leia na íntegra:

> UPA de São José usa a cada 3 horas oxigênio previsto para 15 dias

O Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh) atingiu, neste momento crítico da pandemia, altas taxas de ocupação dos leitos de internação e 100% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Começamos nossa preparação para o atendimento a pacientes com suspeita de Covid-19 antes mesmo de confirmado o primeiro caso suspeito em Florianópolis. Treinamos as equipes, ampliamos a força de trabalho, reforçamos os estoques de materiais, medicamentos e equipamentos de proteção, estabelecemos protocolos assistenciais e adaptamos os espaços físicos com áreas totalmente dedicadas aos casos de pacientes com síndrome respiratória (Emergência, unidade de internação e de terapia intensiva), com aproximadamente 80 leitos de internação adulto específicos para Covid-19.

Todos os esforços têm sido realizados, buscando assegurar as necessidades de medicamentos, bem como de equipamentos médicos e de proteção, nossas equipes têm demonstrado muito profissionalismo e dedicação, tudo para cumprirmos o nosso propósito de ensinar para transformar o cuidar. Efetuamos diversos processos de contratações emergenciais de profissionais da assistência para atuação na linha de frente ao enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Realizamos ações de esclarecimento aos usuários e aos trabalhadores através de nossas mídias sociais sobre medidas de prevenção, criamos um canal de comunicação com os familiares dos pacientes internados e inauguramos um Ambulatório de Fisioterapia com capacidade de atendimento aos pacientes que tenham alta hospitalar e indicação de reabilitação pós-Covid.

No entanto, estamos operando, em muitas situações, além da capacidade máxima, o que aponta para riscos severos de ruptura do limite de segurança dos pacientes e trabalhadores por conta de termos atingido nossa capacidade hospitalar. Agora, mais do que nunca, contamos com o apoio da população neste esforço de enfrentamento da Covid-19.

Portanto, solicitamos: faça a sua parte, mantenha atenção às normas de proteção e isolamento e às recomendações das autoridades sanitárias neste momento de forte alerta. Que prevaleça em todos nós o espírito de união, de solidariedade ao próximo e de cidadania, pois somente juntos, trabalhando em favor da vida, para o bem de todos, conseguiremos ultrapassar este difícil momento.

Contamos com vocês! Use máscara, mantenha o distanciamento social, higienize as mãos. Cuide-se e cuide dos outros!

Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh)

Colunistas