nsc
santa

Basquete

Com as mãos calibradas de Vitória Marcelino, Blumenau supera o Sport-PE pela LBF

Com quatro arremessos de três pontos, ala-pivô de Blumenau foi a cestinha da noite e liderou o time na vitória por 72 a 59, no Ginásio Galegão

10/05/2022 - 06h00

Compartilhe

Everton
Por Everton Siemann
blumenau-basquete-feminino-sport-lbf-6
Ala-pivô de Blumenau, Vitória Marcelino, briga pela posse de bola dentro do garrafão
(Foto: )

A equipe de Blumenau abriu o returno da Liga de Basquete Feminino (LBF) nesta segunda-feira, dia 9, da mesma forma que fez nas últimas três rodada: com vitória. Sob a liderança da ala-pivô Vitória Marcelino, que anotou 16 pontos, as blumenauenses bateram o Sport-PE, por 72 a 59, em jogo disputado no Ginásio Sebastião Cruz, o Galegão. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Com o resultado, o time comandado pela técnica Bruna Rodrigues chegou à sétima vitória em 10 partidas, soma 17 pontos e ocupa a 3ª posição na tabela de classificação. Já a equipe pernambucana, que soma 16 pontos em 12 partidas, com apenas quatro vitórias, e ocupa o 6º lugar.

A partida marcou a estreia da armadora Maria Albiero com a camisa de Blumenau. A armadora jogou quase 36 minutos, anotou 15 pontos, distribuiu cinco assitências e pegou seis rebotes. O destaque da noite ficou com a ala-pivô Vitória Marcelino. A camisa 22 de Blumenau marcou 16 pontos, com quatro arremessos de três pontos convertidos, pegou 11 rebotes e distribuiu quatro assistências. Por esse desempenho, ela levou o troféu de Melhor Jogadora da partida, oferecido por um dos patrocinadores da LBF.

As blumenauenses voltam à quadra nesta semana. No sábado, dia 14, elas recebem o Sampaio Correia-MA. A bola sobe às 11h30min, no Ginásio Galegão. No 1º turno, em São Luis (MA), o Sampaio levou a melhor e venceu, por 65 a 49.

A competição

A LBF tem 10 clubes participantes em 2022, e iguala o recorde das edições de 2014/2015 e 2019. Neste ano, além de Blumenau estarão na disputa: Campinas-SP, Catanduva-SP, Ituano-SP, Mesquita-RJ, Sampaio Corrêa-MA, Santo André-SP, Sesi/Araraquara-SP, Sorocaba-SP e Sport-PE.

> Projeto Basquete Transforma SC vai valorizar potencial do esporte catarinense

Na primeira fase as equipes se enfrentam entre si em turno e returno, com os oito melhores colocados avançando para os playoffs. Na fase de quartas de final, os duelos obedecerão o chaveamento olímpico (1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º) e serão decididos em séries melhores de três jogos.

Nas semifinais, os confrontos também serão em série melhor de três partidas. Já o título será decidido em uma série melhor de cinco jogos.

Leia também:

> LeBron James se torna o segundo maior cestinha da história da NBA

> Desafio Basquete Transforma SC conhece os campeões

> Leia mais notícias do basquete de SC

Colunistas