nsc
dc

HENRIQUE BILBAO

Como a IA está revolucionando e aprimorando o mercado de seguros

Empresas de todo o mundo estão adotando medidas para facilitar seus serviços

08/06/2021 - 14h57

Compartilhe

Por Tech SC
inteligência artificial
O setor de seguros é um dos que mais está crescendo devido suas implementações de inteligência artificial
(Foto: )

Henrique Bilbao
Henrique Bilbao
(Foto: )

A revolução tecnológica proporcionou ao ser humano a liberdade de imaginar os grandes avanços tecnológicos e sonhar com o dia em que a tecnologia seria o nosso braço direito. Talvez esse dia não esteja tão longe, na verdade ele já chegou, e veio pra ficar. Com o avanço da inteligência artificial e com o machine learning empresas de todo o mundo estão adotando essas medidas para facilitar os seus serviços. Com toda essa transformação, o setor de seguros é um dos que mais está crescendo devido suas implementações de inteligência artificial para solucionar tarefas do dia a dia.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

As aplicações são diversas, as seguradoras estão utilizando a inteligência artificial em emissão de apólices, para recomendar produtos aos clientes, agilizar processos de sinistros e criar estratégias de marketing e preços com base em dados. Já as corretoras estão utilizando para facilitar o entendimento de problemas dos clientes, analisar padrões e gerar novas interações entre colaboradores e clientes.

Mas antes de agir e inserir medidas de inteligência artificial é preciso entender que algumas empresas possuem políticas internas que devem ser atualizadas para que ela não possua tecnologias avançadas com padrões comportamentais antigos. Incentivar o acesso à cultura e informação aos colaboradores facilitará a compreensão das tecnologias modernas que sua organização está aplicando. Não é de hoje que companhias de diversas áreas estão adotando medidas para gerar mais conhecimento em suas equipes, disponibilizando cursos, materiais de suporte ou até mesmo organizando palestras com profissionais qualificados, tornando seu capital pessoal preparado para os avanços tecnológicos, acompanhando a velocidade das mudanças dos grandes setores.

> Internet das coisas e as mudanças em nossas vidas

Inserindo essas novas políticas junto com a inteligência artificial, sua equipe ganhará mais credibilidade no mercado de seguros e continuará cumprindo o relacionamento assertivo com clientes de longa data. Assim, a IA contribuirá de maneira mútua com seus colaboradores, facilitando o processamento de solicitações de seguros, deixando-os mais rápidos, diminuindo o trabalho dos agentes, agradando clientes e reduzindo custos.

Uma das tecnologias que surgiram nos últimos anos é o IoT, Internet of the Things, que incorpora informações no cotidiano em eletrônicos e eletrodomésticos, gerando dados que quando recolhidos podem trazer insights sobre clientes. Ainda hoje, é discutida a remoção de silos que protegem os sistemas de contratação de seguros. Isso, assim como o IoT, geraria informações que facilitariam a comunicação, venda e acessos a seguros. Com a ajuda de big data, as seguradoras analisam dados demográficos, geográficos, sociais e de consumo, tornando-se capazes de prever o comportamento dos consumidores e recomendar possíveis seguros mais adequados ao perfil do consumidor.

> Golpe do WhatsApp: saiba o que fazer e entenda tudo sobre

Caso você ainda não tenha entendido, existe uma gama de possibilidades de inserção de inteligência artificial no setor de seguros, o importante é visualizar que é possível tornar o avanço tecnológico um aliado da sua companhia, mesclar inteligência artificial com inteligência emocional trará resultados positivos para o capital de sua empresa. É notório que a cadência de implementações tecnológicas durante esse período pandêmico no setor de seguros vem crescendo, pois com ela veio o surgimento e crescimento de novas Insurtechs que já chegam no mercado de seguros com um diferencial competitivo. Somente neste trimestre os investimentos de capitais iniciais cresceram 57% em relação ao ano anterior, voltando ao patamar em que se encontrava pré-pandemia.

Basta saber, sua empresa está preparada para competir no mercado de seguros? Quais são os próximos passos a serem tomados? Uma coisa é certa, não dá pra continuar com o padrão antigo, é preciso acompanhar as velozes mudanças e investir em inteligência artificial.

Gostou desse conteúdo? Aproveite para conferir outros artigos sobre tecnologia clicando aqui.

Colunistas