nsc
dc

HENRIQUE BILBAO

Internet das coisas e as mudanças em nossas vidas

Objetivo da IoT é criar funções automatizadas que tragam benefícios significativos para o comprador e um impacto positivo para a economia global

19/01/2021 - 17h10 - Atualizada em: 25/01/2021 - 13h21

Compartilhe

Por Tech SC
IoT é um conceito referente ao conjunto de dispositivos digitais que captam e compartilham dados através da internet
IoT é um conceito referente ao conjunto de dispositivos digitais que captam e compartilham dados através da internet
(Foto: )

A internet das coisas, também chamada pela sigla dos termos em inglês IoT (Internet of Things), se trata do conjunto de dispositivos digitais que captam e compartilham dados através da internet. O uso de IoT e inteligência artificial (IA) é válido para processar dados coletados por sensores em objetos em diferentes segmentos como, por exemplo, indústrias, hospitais e bens de consumo digitais (Smart TV 's, máquinas de lavar roupas, entre outros).

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

> Como a inteligência artificial é aplicada nos serviços de streaming

O conceito foi criado por Kevin Ashton, pesquisador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) enquanto estava simplesmente nomeando um arquivo do Power Point em 1999.

O impacto em nossas vidas

Independente da sua aplicação, o objetivo da internet das coisas é simples e claro: criar funções automatizadas que tragam benefícios significativos para o comprador e um impacto positivo para a economia global.

Em casa: sabe aquele sonho que parece distante de poder ligar seu ar condicionado minutos antes de chegar em casa, para que quando você chegue ela já esteja fresquinha, ou uma geladeira que equipada com sensores te comunique quando os alimentos estiverem acabando e crie uma lista de compras automaticamente? Esses são alguns exemplos das oportunidades permitidas com a internet das coisas. Isso sem falar de outros dispositivos mais simplificados como as lâmpadas e dispositivos de Smart Home.

Na gestão pública: imagine como serviços importantes no aspecto público (polícia, bombeiros, ambulância, etc.)  poderiam atender com mais eficiência e em menos tempo com o auxílio de dispositivos conectados às suas redes.

Na indústria 4.0: fornecedores de serviços e bens de consumo podem ser amplamente beneficiados com o desenvolvimento de tecnologias e equipamentos que otimizem a produtividade na linha de produção. Isso além dos avanços permitidos através da análise de Big Data, que permitirá insights estratégicos que não eram possíveis anteriormente.

Medicina: um bom exemplo das vantagens da aplicação de IoT na saúde é a criação de dispositivos de assistência para pessoas com deficiência e idosos, monitoramento de sinais vitais e notificações de emergência para autoridades médicas através de um acompanhamento em tempo real das condições de saúde do paciente.

> O lado obscuro da Inteligência Artificial

IoT e a segurança dos dados

Atualmente as indústrias de hardware e software nem sempre se conectam para aproveitarem a utilização das melhores práticas em conjunto. Inclusive, muitos desenvolvedores de softwares acabam deixando as preocupações com segurança para o final do projeto, primeiro pensando nas necessidades primárias das suas soluções.

Esse cenário aponta, infelizmente, uma realidade onde muitos dispositivos simples ainda não estão preparados para essa nova conectividade como, por exemplo, o caso de hackers que invadiram uma rede segura através de uma câmera de vigilância conectada nesta rede.

> Inteligência artificial mais próxima do que você imagina

> Chatbots se tornam acessíveis e adaptáveis para qualquer negócio

Entretanto, muitas empresas e organizações estão, gradativamente, evoluindo essa questão. Acredito que à medida que a rede 5G também evoluir, haverá uma necessidade crescente do uso da internet das coisas e maior serão as preocupações com os desenvolvimentos de softwares e hardwares, permitindo assim aproveitarmos os benefícios dessa tecnologia em conjunto.

Gostou desse conteúdo? Vou ficar feliz em saber a sua opinião nos comentários abaixo.

Aproveite para conferir outros artigos sobre tecnologia e inteligência artificial clicando aqui. Confira também meu outro artigo sobre a internet 5G, pra entender um pouco mais como ela poderá impulsionar ainda mais a internet das coisas.

Colunistas