nsc
dc

Negócios

Compra do Twitter por Elon Musk pode ser terceiro maior negócio no setor de tecnologia; ranking

Maior operação foi quando a Microsoft comprou a desenvolvedora de jogos eletrônicos Activision Blizzard

25/04/2022 - 18h35

Compartilhe

Folhapress
Por Folhapress
Preço de compra representa um prêmio de 38% em relação ao preço de fechamento das ações
Preço de compra representa um prêmio de 38% em relação ao preço de fechamento das ações
(Foto: )

A compra do Twitter pelo bilionário Elon Musk por US$ 44 bilhões (214 bilhões) deve fazer do negócio o terceiro maior já realizado entre os mais relevantes no setor de tecnologia.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A maior operação entre empresas do ramo se deu em janeiro deste ano, quando a Microsoft anunciou a compra da desenvolvedora de jogos eletrônicos Activision Blizzard por cerca de US$ 75 bilhões (R$ 366,1 bilhões).

O segundo maior do negócio do setor se deu em outubro de 2015, quando a fabricante de computadores Dell pagou US$ 67 bilhões (R$ 327 bilhões) pela empresa de armazenamento de dados EMC.

As ações do Twitter disparavam 6%, ao valor de US$ 51,86 (R$ 253), após a divulgação do negócio. A alta colocava os papéis da empresa entre os mais valorizados da sessão, ajudando o índice de referência do mercado acionário americano, o S&P 500, a subir 0,32%, após ter passado a maior parte do dia em baixa.

Segundo com os termos do acordo, os acionistas do Twitter receberão US$ 54,20 (R$ 264,5) em dinheiro por cada ação ordinária do Twitter que possuírem no fechamento da transação.

O preço de compra representa um prêmio de 38% em relação ao preço de fechamento das ações em 1º de abril de 2022, que foi o último dia de negociação antes de Musk divulgar sua participação de aproximadamente 9%.

Os 10 principais negócios no setor de tecnologia

  1. US$ 75 bilhões: Compra da Activision Blizzard pela Microsoft (Jan.2022)
  2. US$ 67 bilhões: Compra da EMC pela Dell (Out.2015)
  3. US$ 44 bilhões: Compra do Twitter por Elon Musk (Abr.2022)
  4. US$ 37 bilhões: Compra da SDL pela JDS Uniphase (Jul.2000)
  5. US$ 34 bilhões: Compra da Red Hat pela IBM (Out.2018)
  6. US$ 27,7 bilhões: Compra da Slack Technologies pela Salesforce (Dez.2020)
  7. US$ 26 bilhões: Compra do LinkedIn pela Microsoft (Jun.2016)
  8. US$ 22 bilhões: Compra do WhatsApp pela Meta (ex-Facebook) (Out.2014)
  9. US$ 15,3 bilhões: Compra da Mobileye pela Intel (Mar.2017)
  10. US$ 1,65 bilhão: Compra do YouTube pelo Google (Out.2006)

Leia também

Miley Cyrus anuncia música com Anitta pelo Twitter

Hang fica US$ 2 bilhões mais rico e volta ao topo da lista da Forbes no Brasil

Porto de Itajaí pode ficar com chineses ou árabes após leilão

Colunistas