nsc
nsc

Saúde

Mais segurança na hora de fazer exames: Conheça tecnologia catarinense que auxilia nos diagnósticos por imagem

Startup de Itajaí, Safety Soluções em Radioproteção, implementa inteligência artificial para controlar níveis de radiação

23/07/2021 - 14h58 - Atualizada em: 03/08/2021 - 13h48

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Exames por imagem
Tecnologia automatiza processos na área da saúde, garantindo mais segurança e agilidade para profissionais e pacientes.
(Foto: )

A precisão e a funcionalidade diagnóstica dos exames por imagem são fundamentais para a detecção de problemas de saúde. Entretanto, a realização desses exames pode trazer alguns riscos, tanto aos pacientes, quanto à equipe clínica, por conta dos efeitos biológicos da radiação no organismo humano. Visando controlar esses níveis radioativos, a startup Safety Soluções em Radioproteção, desenvolveu uma tecnologia utilizando Inteligência Artificial.

> Inteligência Artificial torna Hospital São José de Jaraguá do Sul destaque nacional

Em caso de exposição excessiva à radiação, os efeitos podem ser bastante nocivos, apresentando danos cancerígenos e, em pacientes gestantes, pode ocorrer até mesmo uma alteração e/ou anormalidade no desenvolvimento pré-natal. Devido à importância dessa demanda, o controle dos níveis de radiação em exames diagnósticos por imagem tem previsão legal, inclusive, dentro da legislação estadual de Santa Catarina.

A Instrução Normativa (IN) º 001/2014/DIVS/SES de 27 de março de 2014 prevê algumas obrigatoriedades dentro dos processos dos relatórios que reportam as atividades, como por exemplo: “Art. 4º, §3º Os estabelecimentos de radiologia intervencionista terão o prazo de até 180 dias, a contar da data de publicação desta Instrução Normativa, para inserir as informações relativas às exposições médicas”.

O encaminhamento desses dados deve ser feito de maneira informatizada através do chamado Sistema Estadual de Radiações Ionizantes (SIERI), que precisa ser implantado em todos os estabelecimentos de diagnósticos por imagem no estado de Santa Catarina. O processo de alimentação do sistema é feito pelo site www.sieri.saude.sc.gov.br.

Mais segurança e economia

A empresa Safety Soluções em Radioproteção, startup de Itajaí, desenvolveu um sistema que é capaz de fazer toda a alimentação desses dados de forma direta e automatizada, o que deixa o processo mais rápido e, principalmente, mais seguro para pacientes e profissionais da saúde.

— Com a exigência dos processos sanitários se tornarem ainda mais dinâmicos, nossa plataforma, Safe One, mantém a instituição em dia com os deveres exigidos por lei. Assim, a instituição economiza em tempo e custos relativos ao processo — afirma o engenheiro de software da empresa Safety, Carlos Queiroz.

> Empresa catarinense se destaca no segmento de diagnóstico por imagem

Além da automatização de todo esse processo de alimentação de dados para o sistema da Vigilância Sanitária do estado de Santa Catarina, a Safety traz ainda uma importante inovação no controle e dimensionamento de doses de radiação durante os exames diagnósticos por imagem. Com a ajuda da Inteligência Artificial (IA), a startup de Itajaí consegue dimensionar os níveis de exposição radioativa em tempo real, utilizando um software de criação e produção próprio, chamado de Safe One.

— O controle de dose dos equipamentos emissores de radiação automatizado pelo software Safe One resulta em maior segurança para os pacientes, seja adulto ou pediátrico, a equipe médica tem em mãos uma ferramenta segura para tomada de decisões em rotina — explica o CEO da Safety, Renato Paciência.

Entrevista na CBN Diário

Confira a entrevista completa com especialistas da Safety Rad no programa Empresas & Negócios, na CBN Diário:

Acesse o site da Safety Rad e saiba mais sobre o uso da Inteligência Artificial na área da saúde.

Leia também

Juros, inflação e outras variáveis: Entenda como descomplicar o mundo dos investimentos

Concorra a kits para redecorar um ambiente: Confira as regras do Desafio DIY

Idoso em casa: especialista relata principais cuidados para evitar acidentes

Colunistas