nsc
nsc

Planejamento financeiro

Juros, inflação e outras variáveis: Entenda como descomplicar o mundo dos investimentos

Pensando em oferecer suporte para quem deseja aplicar melhor o dinheiro, o Warren Life desenvolve planejamentos financeiros para diferentes perfis

12/07/2021 - 12h52 - Atualizada em: 12/07/2021 - 12h53

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Planejamento financeiro
Planejamento financeiro é o primeiro passo para entender e detalhar o próprio orçamento. Para tornar esse processo mais simples, é possível contar com suporte especializado.
(Foto: )

Mais de 62 milhões de brasileiros estavam endividados no mês de maio, segundo dados do Mapa da Inadimplência no Brasil, estudo divulgado pela Serasa. O número corresponde a quase 30% da população do país. 

> Afinal, o que é educação financeira? Entenda a importância do tema e como aplicar na rotina

O valor médio da dívida por pessoa é o maior dos últimos 12 meses, com R$ 3,93 mil e o valor médio de cada conta em atraso é de R$ 1,16 mil. Os bancos e cartões representam 29,7% dos mais de R$ 211 milhões de débitos. Na sequência, aparecem contas de luz, água e gás, além das compras no varejo.

A crise econômica segue agravada pela Covid-19, derrubando indicadores de emprego, e com aumentos sucessivos na inflação, principalmente nos preços de combustíveis, energia elétrica, gás e alimentos tem gerado impacto na vida do consumidor. Pouco se poupa e menos ainda é planejado para investir – seja em qual modalidade for.

Segundo dados da fintech Acordo Certo, 73% dos brasileiros não guardam dinheiro. Dos que poupam, mesmo com as taxas de juros em baixa, ainda há muito receio em possuir ativos de renda variável, considerados mais arriscados. Apenas 3% dos brasileiros investiram em ações em 2020. Ainda que o volume total de dinheiro investido pelas pessoas físicas tenha subido de R$ 344 bilhões no fim de 2019 para R$ 452 bilhões no fim do ano passado, muitas pessoas ainda não investem por falta de informações básicas sobre o funcionamento do mercado.

Planejamento financeiro do zero

Para iniciar um planejamento financeiro, o primeiro passo é entender e detalhar o próprio orçamento pessoal ou familiar. Saber o quanto ganha, quanto gasta, e o quanto sobra para investir é essencial. 

Depois, o consumidor deve traçar os objetivos financeiros que deseja e começar pela reserva de emergência, que nada mais é do que ter em um local seguro e com alta liquidez o valor equivalente a pelo menos seis meses do custo de vida. A partir daí, ele pode pensar em investir para planejar a sua aposentadoria ou outros objetivos de curto, médio e longo prazo.

> Que tipo de investidor é você? Descubra qual pode ser a sua personalidade na hora de aplicar

Pessoas que possuem dívidas devem avaliar se vale a pena quitá-las, caso já possuam uma reserva financeira. Antes de pensar em investir, o ideal é realizar o pagamento. Ao avaliar o orçamento, a pessoa endividada deve elencar onde pode cortar gastos desnecessários para sobrar mais dinheiro e quitar esse montante. O ideal é não ter dívida alguma, mas realizar um planejamento para comprar a maior parte das coisas à vista.

Como descomplicar o mundo dos investimentos

O mundo da economia e dos investimentos pode parecer difícil, mas alguns conceitos estão sempre relacionados e afetam a vida de todos nós conforme os mesmos padrões. Quando a taxa de juros sobe, o mercado restringe o crédito, e vice-versa. 

A Selic em alta remunera menos a renda fixa, o que torna a renda variável mais atrativa. Quando se fala em planejamento financeiro, investir não é só escolher bons ativos com base nos objetivos, mas entender o processo como um todo: de que forma funciona o mercado e quais oportunidades são possíveis, de acordo com metas definidas pelo cliente.

Para um planejamento completo, não é aconselhável apenas delegar essa decisão para algum profissional do mercado, mas também entender o que está sendo feito para não ficar refém de uma má decisão ou um possível conflito de interesses. São recorrentes casos de bancos e agentes de investimentos que recomendam um ativo que trará maior porcentagem para seus ganhos próprios.

Para isso, existe o Warren Life, o programa de planejamento financeiro da Warren. Aprender com linguagem simples, transparente e descomplicada sobre como funcionam o mercado financeiro, o que são os juros, CDI, inflação, e como essas variáveis influenciam no planejamento e no dia-a-dia são alguns dos objetivos da iniciativa. 

A partir daí, é possível formular uma estratégia para montar uma carteira de investimentos e desenvolver um plano de ação - um mapa detalhado da vida financeira e de como alcançar os objetivos.

Marcelo Miranda, responsável comercial pelo Warren Life, aponta que além de aprender sobre diversos conceitos, o consumidor passa a entender e como eles influenciam a vida financeira de cada pessoa, passando pelos principais produtos do mercado e suas características, e também mostrando algumas estratégias que podem auxiliar na hora de elaborar o planejamento financeiro, tudo de forma descomplicada.

— Após essa conversa mais educacional, um especialista em investimentos da Warren vai entender os seus objetivos financeiros e traçar, junto contigo, o melhor caminho para alcançá-los — destaca Miranda.

A maior parte dos clientes da Warren já passou por esse programa, segundo o responsável comercial. O plano de ação completo leva em conta cada perfil, necessidades específicas e os objetivos do cliente.

— Isso ajudou cada um deles a entender melhor para onde estavam indo e fazer os ajustes necessários para ficarem cada vez mais próximos de atingir os objetivos. Através de uma ferramenta de acúmulo de capital que utilizamos no Warren Life, por exemplo, alguns clientes já conseguiam visualizar que estavam bem próximos da sua aposentadoria, no caminho certo, enquanto outros entenderam que precisavam se esforçar um pouquinho mais para chegarem lá — completa.

Quer saber mais sobre programa de educação e planejamento financeiro da Warren? Confira mais detalhes do Warren Life.

Fique por dentro do mundo dos investimentos acessando o canal Investe Mais no NSC Total.

Leia também

10 passos para começar a investir seu dinheiro agora

Diversificação da carteira: Saiba como funciona e quais são os principais benefícios

Quitar um financiamento imobiliário ou investir no mercado financeiro?

Colunistas