nsc
    nsc

    Investe mais

    Diversificar a carteira pode trazer menos riscos e a possibilidade de maior retorno em longo prazo

    Saiba como investir seu dinheiro de acordo com seu perfil de investidor e a importância do consultor financeiro nesse processo

    23/02/2021 - 13h25 - Atualizada em: 01/03/2021 - 16h17

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Diversificação de carteira
    Entenda a importância de um profissional especializado para conduzir seus investimentos e aposte na diversificação de carteira
    (Foto: )

    Com a redução da Selic, a taxa básica de juros, o rendimento da poupança está cada vez menor e isso fez com que muitas pessoas começassem a pensar em outras opções para investir o seu dinheiro. Ainda assim, cerca de 25% de todo o dinheiro de pessoa física investido no Brasil está na poupança, o que representa aproximadamente R$ 1 trilhão. A explicação para isso pode ser o medo que o brasileiro ainda tem de perder dinheiro investindo. Porém, essa ideia é um equívoco, pois com a taxa Selic em 2% ao ano, o rendimento da poupança fica em torno de 1,4% ao ano, que é menos do que a inflação. Ou seja, quem guarda dinheiro na poupança está na verdade desvalorizando seu patrimônio.

    >> Guia prático para começar a investir em 10 passos

    Segundo a sócia e especialista em investimentos da Warren, Tamara Hernandes, todo investimento envolve riscos, mas é possível minimizar as possíveis perdas tendo em mente o seu perfil de investidor e fazendo investimentos que sejam adequados a ele.

    — Conhecer seus limites e objetivos ajudará a identificar seu perfil de investidor para adequar sua carteira à sua disposição de tomada de risco do portfólio, seja ele risco de mercado ou risco de crédito do ativo — explica Tamara.

    Outra coisa importante, segundo a especialista, é fazer decisões de forma racional e não seguir impulsos ou previsões irreais.

    — É muito comum as pessoas serem tomadas por sentimentos tanto de euforia quanto de medo em determinados momentos da economia. É fundamental saber avaliar até onde estamos dispostos a nos expor a tais riscos, para manter o equilíbrio do portfólio a longo prazo — adverte Tamara.

    Diversificação da carteira é o segredo para minimizar os riscos

    Para minimizar os riscos da carteira, o segredo é a diversificação, que consiste em alocar o dinheiro em investimentos de categorias diferentes e assim mitigar o risco do cliente em cenários de stress do mercado. Assim, quando bem feita, a diversificação da carteira de investimentos busca maior rentabilidade com mais segurança.

    Além de proteger os investimentos contra riscos específicos dos ativos, a diversificação também costuma trazer um maior retorno a longo prazo, porque o investidor vai se expor a uma série de classes de ativos, obtendo o melhor de cada uma delas. Mesmo dentro de uma mesma classe de ativos, como a Renda Fixa, por exemplo, é possível diversificar em ativos de emissores e indexadores diferentes, sem abrir mão da tranquilidade que a Renda Fixa oferece.

    — Para aqueles que possuem perfil mais arrojado, dispostos a ter volatilidade em sua carteira de investimentos, a diversificação se torna ainda mais importante para equilibrar a carteira e preservar o capital a longo prazo — garante Tamara.

    Questionário suitability é importante para conhecer o perfil do investidor

    Para definir o perfil do investidor é importante a aplicação do questionário suitability, a fim de saber qual é o perfil com base nos objetivos para o futuro. Esse resultado revelará o quanto o investidor já sabe sobre investimentos, qual a sua experiência no mercado e também mostrará a sua tolerância ao risco.

    O suitability é um passo obrigatório para bancos e corretoras antes do investidor fazer sua primeira aplicação. No entanto, o recomendado é que o investidor procure um profissional que vá além do suitability e que entenda qual é o seu momento de vida, a sua realidade e quais são os seus objetivos.

    Papel do consultor financeiro na hora de investir

    Para avaliar quais tipos de investimentos são mais adequados ao perfil de cada investidor, é preciso conhecer bem o mercado. Por isso, ou o investidor dedica tempo para estudar bem os tipos de investimentos ou procura ajuda de um consultor financeiro, que é o profissional que possui a expertise necessária para alocar o dinheiro da melhor forma possível.

    >> Sensacionalismo no mundo dos investimentos: como diferenciar profissionais corretos de fraudes

    Segundo a especialista da Warren, a mesma variedade de produtos disponíveis no mercado, que garantem a diversificação da carteira do investidor e o ajudam a minimizar os riscos, também é responsável por gerar confusão para os investidores mais leigos ou para aqueles que preferem dedicar seu tempo a outras questões.

    — Por este motivo, a figura do consultor financeiro se torna ainda mais relevante no processo de investir. É ele que estará ao seu lado entendendo suas necessidades e buscando as oportunidades que se adequem ao seu perfil para tornar esse processo de investir mais fácil e prático — finaliza Tamara.

    A corretora digital disponibiliza uma plataforma em que é possível diversificar a carteira de investimentos de forma descomplicada. Acesse o site da Warren, ou baixe o app, e veja como é eficiente investir de uma maneira segura, formando uma carteira variada e personalizada aos seus interesses.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Especiais Publicitários

    Colunistas