nsc
    dc

    Pandemia

    SC anuncia novas restrições para conter o coronavírus; atividades são suspensas por duas semanas

    Estado suspendeu por mais 14 dias competições esportivas e atividades de cinemas, teatros, casas noturnas e museus

    13/07/2020 - 17h43 - Atualizada em: 13/07/2020 - 20h24

    Compartilhe

    Lucas
    Por Lucas Paraizo
    Coronavírus em SC
    Objetivo é reduzir a circulação de pessoas nas ruas
    (Foto: )

    O governo de Santa Catarina anunciou no início da noite desta segunda-feira (13) novas medidas de isolamento social para enfrentar o crescimento dos casos de coronavírus no Estado. Por 14 dias, estão proibidas em Santa Catarina as atividades de cinemas, teatros, casas noturnas, museus e qualquer evento com reunião de público.

    > Confira o mapa com os números atualizados sobre o coronavírus em SC

    A mesma decisão confirma também a suspensão por 14 dias de todos os eventos esportivos organizados pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) ou pela iniciativa privada. A parada do Campeonato Catarinense já havia sido anunciada mais cedo, seguindo o cancelamento da rodada que ocorreria no domingo (12). A decisão do governo de SC de anunciar novas medidas foi antecipada com exclusividade neste domingo (12) pelo colunista Ânderson Silva.

    As medidas do governo suspendem atividades que, desde a semana passada, estavam regradas conforme a decisão dos prefeitos. Em várias regiões as proibições haviam sido mantidas e, na prática, não mudam com o novo decreto do governo.

    Segundo o governador Carlos Moisés, a medida tem o objetivo de achatar a curva de contágio nas regiões catarinenses, para evitar um colapso do sistema hospitalar.

    - Queremos garantir que todos tenham atendimento caso seja necessário. É nisso que o Governo do Estado vem trabalhando desde o começo desta pandemia. Infelizmente ainda não temos uma vacina ou uma receita para combater a doença. Nós já ampliamos a oferta de leitos de UTI em quase 70%, porém o sistema está tensionado em algumas regiões. Precisamos ampliar o isolamento social para passar por esse período - disse o governador.

    > SC registra a mais alta ocupação em leitos de UTI durante a pandemia do coronavírus

    A decisão do Estado, segundo o secretário de Saúde André Motta Ribeiro, foi tomada com prefeitos a partir da necessidade de uma intervenção em nível estadual. 

    - Quatorze dias é o tempo de maturação dessas medidas. A cada dia avaliaremos o impacto disso. Algumas regiões estão mais impactadas do que outras, mas, de uma forma geral, o Estado precisou fazer essa intervenção para trazer um regramento, mas mantemos o contato diário com os municípios para ver o que cada região pode fazer ainda mais - afirmou o secretário.

    Conforme o mapa de risco do Governo do Estado, atualmente Santa Catarina tem três regiões com risco potencial "gravíssimo" pela pandemia: Foz do Rio Itajaí, Xanxerê e Laguna. Outras 11 regiões estão em situação de risco grave. 

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas