nsc
dc

Educação

Creche de Saudades que sofreu ataque terá aulas retomadas nesta segunda-feira

Unidade passou por reforma feita por voluntários e voltará às atividades 20 dias após crime que causou a morte de três crianças e duas funcionárias

24/05/2021 - 05h00

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Creche em Saudades passou por reforma feita por voluntários na última semana, antes da volta às aulas
Creche em Saudades passou por reforma feita por voluntários na última semana, antes da volta às aulas
(Foto: )

A creche de Saudades, no Oeste de SC, que sofreu um ataque em que cinco pessoas foram mortas terá as aulas retomadas nesta segunda-feira (24).

A informação foi confirmada pela secretária municipal de Educação de Saudades, Gisela Hermann, ao portal G1-SC. Ainda não foram repassados detalhes sobre como será a retomada e quantos estudantes devem voltar às aulas na segunda.

> Motivação do ataque a creche em SC foi 'repugnante e imoral', diz MP; entenda a denúncia

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Nos últimos dias, a creche Pró-Infância Aquarela passou por reforma feita por moradores, de forma voluntária. A unidade atende a 74 alunos. Em outras escolas de Saudades, as aulas já foram reiniciadas na última segunda-feira (17).

Nesta sexta-feira (21), o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) denunciou o autor do ataque por cinco homicídios e 14 tentativas de homicídio. As acusações têm três qualificadoras: motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas.

A primeira-dama Michelle Bolsonaro visitou a creche em Saudades também nesta sexta-feira. A agenda teve também a participação da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. Elas se reuniram com familiares das vítimas e discutiram uma proposta de auxílio psicológico à comunidade escolar.

O ataque à creche Aquarela ocorreu na manhã de 4 de maio. Três crianças de 1 ano, uma professora e uma agente educativa foram mortas. Outra criança ficou ferida, mas foi hospitalizada e recebeu alta cinco dias depois do crime. O autor do ataque efetuou golpes contra ele mesmo e também chegou a ser internado, mas deixou o hospital no dia 12 e foi encaminhado ao presídio.

Leia também

> Quem é o autor do ataque que deixou cinco mortos em creche no Oeste de SC

> Trabalhadores da indústria e comércio são os que mais morreram de Covid-19 em SC

> SC receberá 500 mil doses da Coronavac após liberação de insumos da China

> Ataque a creche em Saudades foi inspirado em massacres no exterior, aponta investigação

Colunistas