nsc
hora_de_sc

Coronavírus

Depois de vacinaço, Florianópolis não tem data para imunizar trabalhadores da indústria contra Covid

Secretário-adjunto informou que início da imunização depende da chegada de mais doses

07/07/2021 - 15h24 - Atualizada em: 07/07/2021 - 17h21

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Prefeitura avançou na imunização por faixas etárias, mas não deu início a vacinação do setor da indústria
Prefeitura avançou na imunização por faixas etárias, mas não deu início a vacinação do setor da indústria
(Foto: )

Florianópolis não tem data para vacinar os trabalhadores da indústria contra a Covid-19. Segundo o secretário-adjunto de saúde da Capital, Luciano Formighieri, a definição depende da chegada de mais imunizantes. O grupo foi incluído pelo governo do Estado entre os que têm prioridade na campanha de vacinação e outros municípios de SC já começaram a imunizar o setor.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Uma deliberação da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), publicada no dia 1 de julho, estabeleceu que 30% das doses encaminhadas aos municípios fossem destinadas à vacinação do setor da indústria. A recomendação também está na nota técnica Nº 32 da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC).

O secretário-adjunto afirmou que a opção por avançar na vacinação por idade foi uma decisão deliberada pela câmara técnica do município. Segundo Formighieri, a vacinação do grupo está garantida.

- A partir do momento que chegue a nova remessa de vacinas a gente vai seguir a demanda da nota técnica como já seguimos - pontua.

A nota técnica da Dive informava ainda o número de doses encaminhadas para Florianópolis da última remessa: 19.446. Desse total, a prefeitura aplicou 18.583 em um só dia. As vacinas foram destinadas a quem já estava nos grupos prioritários e também para a população a partir dos 40 anos.

A campanha de alta adesão teve consequências na continuidade da vacinação. Nesta terça-feira, foi suspensa a aplicação da primeira dose. Apenas quem precisa completar o esquema vacinal está sendo imunizado na Capital nesta terça. O avanço na aplicação da D1, também depende da chegada de mais doses. Segundo o secretário-adjunto, a faixa etária deve ser ampliada.

A decisão de Florianópolis contrasta com o que foi feito em municípios como Blumenau e Joinville. Ambas cidades seguiram a orientação do CIB e reservaram 30% das doses para o setor da indústria.

Em Blumenau, a prefeitura abriu o agendamento para os trabalhadores da indústria na terça-feira. A aplicação das doses acontece nesta quarta-feira no município. Quem tem 40 anos ou mais também pode agendar a vacinação. A imunização acontecerá na quinta-feira (8).

Já a prefeitura de Joinville abriu na quarta-feira o agendamento para os trabalhadores da indústria. Em entrevista à CBN Joinville, na manhã desta quarta, o secretário de saúde do município, Jean Rodrigues da Silva, disse que o município aguarda a chegada de mais doses para ampliar a campanha. A cidade também vacina pessoas na faixa etária dos 40 anos.

Leia também 

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Cantor sertanejo vai fazer cirurgia de aumento peniano em Santa Catarina

Jovem ganha carro em rifa, conserta o veículo e devolve ao dono em Fraiburgo

Homem filmado matando adolescente em Navegantes diz não lembrar do crime

Colunistas