nsc

Homeschooling

Deputados divergem sobre ensino domiciliar em SC; ouça debate

Projeto chegou à fase de audiência pública

07/06/2021 - 17h14

Compartilhe

Mateus
Por Mateus Boaventura
Deputado Bruno Souza (Novo) e a deputada Luciane Carminatti (PT) participaram do debate no CBN Total
Deputado Bruno Souza (Novo) e a deputada Luciane Carminatti (PT) participaram do debate no CBN Total
(Foto: )

O projeto de educação domiciliar (homeschooling), que tramita na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e prevê a inclusão deste modelo no sistema de ensino de Santa Catarina, chegou à fase de audiência pública. Antes da discusão na Alesc, o deputado Bruno Souza (Novo), autor da proposta, e a deputada Luciane Carminatti (PT), presidente da Comissão de Educação, participaram de um debate no CBN Total.

> Identificado casal de motociclistas morto em acidente na BR-101 em Balneário Camboriú

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A favor

— O projeto não pretende subistituir a educação tradicional ou acabar com as escolas. Nada disso. Nós queremos, simplesmente, regulamentar uma prática que já acontece em SC — disse o parlamentar.

Contra

— Nós estamos gastando toda nossa energia e o MEC pauta a educação domiciliar. Vai na contra-mão de tudo o que a comunidade educacional tem tratado nas últimas décadas — respondeu a deputada.

Ouça o debate:

Audiência pública

A Comissão de Educação da Alesc realiza uma audiência pública virtual para debater o Projeto de Lei Complementar 3/2019, que prevê a inclusão da educação domiciliar no sistema de ensino de Santa Catarina.

Leia mais

> Ensino domiciliar. O que você sabe sobre o assunto?

> Deputados rejeitam prioridade para tramitação de projeto do homeschooling em SC

Colunistas