nsc
    dc

    TRANSPORTES

    Falta de gasolina afeta pelo menos 100 postos na Grande Florianópolis

    Problema foi causado por ataque hacker em sistema nacional de distribuidora. Expectativa é de normalização entre esta quarta e quinta-feira

    13/01/2021 - 12h25 - Atualizada em: 13/01/2021 - 16h25

    Compartilhe

    Jean
    Por Jean Laurindo
    Postos de SC registraram falta de combustíveis após problema em sistema de distribuidora
    Postos de SC registraram falta de combustíveis após problema em sistema de distribuidora
    (Foto: )

    Postos de gasolina registraram falta de combustíveis nesta terça (12) e quarta-feira (13) na Grande Florianópolis e em outras regiões do país. A situação ocorreu por conta de um problema no sistema de informática do grupo Ultrapar, dono da rede Ipiranga, que foi alvo de um ataque hacker na manhã de segunda-feira (11). Por conta disso, a companhia esteve impedida de fazer novos pedidos às distribuidoras.

    > Estado promete para fevereiro nova proposta sobre transporte marítimo em SC

    O vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis (Sindópolis), Joel Fernandes, explica que a situação afetou cerca de 100 postos somente na Grande Florianópolis. A situação, no entanto, deve ser normalizada a partir desta quarta. Fernandes explica que a equipe de tecnologia da Ultrapar desenvolveu um canal alternativo para emissão de notas e pedidos para as distribuidoras, o que permitiu que os postos voltassem a comprar e receber combustíveis vindo da base de Itajaí. As entregas a partir de Biguaçu ainda não foram retomadas. Diante desse cenário, ele estima que ainda seja necessário de um a dois dias para normalizar o abastecimento nos postos da rede na região.

    O presidente explica que por estarem perto de bases de distribuidoras como a de Biguaçu, postos da região costumam trabalhar com estoques menores e, por isso, sentem mais diretamente efeitos de interrupções de abastecimento.

    – É um prejuízo porque as vendas param, mas as despesas continuam. Tudo isso em um momento complicado por causa da pandemia – pontua o dirigente.

    > O que preocupa e o que anima na economia de SC em 2021

    A Ultrapar divulgou nota ainda na terça-feira confirmando o ataque cibernético e informando que a empresa estava atuando para normalizar as operações. A Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis) também emitiu nota nesta quarta-feira informando que o sistema da rede Ipiranga voltará à normalidade nesta quarta-feira, o que deve regularizar o abastecimento dos postos também nesta data.

    > ​Vacina da Covid em Florianópolis: locais, freezers e o que se sabe até agora

    Colunistas